Como alugar um carro sem ser enganado

Comment louer une voiture sans se faire arnaquer

Durante as suas férias, se pretende visitar outros lugares que cidades/vilas, irá provavelmente alugar um carro. Há cada vez mais empresas de rent-a-car em Portugal, o que dificulta a escolha e quando escolhemos, há grandes probabilidades de sermos enganados!

Algumas rent-a-cars utilizam truques inimagináveis para aumentar o preço após a reserva. Neste artigo, vou-lhe mostrar como faço para evitar de ser enganado e pagar o preço justo.

Dicas para alugar um carro sem ser enganado

Começo sempre a minha pesquisa na Rentalcars (link afiliado), uma central de reservas, onde podemos obter as opiniões dos antigos clientes e saber os nomes das rent-a-cars antes de proceder à reserva. Depois de escolher a cidade / aeroporto, as datas e a idade do condutor, somos encaminhados para esta página.

A primeira coisa que faço é filtrar os resultados. Em “Local do Fornecedor” (na barra lateral) seleciono “No terminal” (quando a agência está num aeroporto) para evitar de ter de apanhar uma carrinha e sair do aeroporto.

Em “Opções de Combustível” seleciono “Cheio para cheio” para evitar de ver carros a preços baixíssimos, mas onde o combustível é cobrado a preços exorbitantes.

 A opção “combustível pré-pago” surgiu com as rent-a-cars low cost, os preços são mais baratos, mas ao ir buscar o carro, a rent-a-car irá cobrar-lhe um deposito de gasolina a preços exorbitantes.

Em média terá de pagar uma centena de euros por um deposito cheio. O pior disto tudo é que pedem-nos para trazer o carro com o deposito vazio, as rent-a-car não devolvem o preço da gasolina que ficar no deposito (à pouco tempo para cá, algumas rent-a-car devolvem o dinheiro da gasolina que ficar no carro). Fazendo bem as contas as rent-a-car ganham quando pegamos no carro e quando o devolvemos!

Neste momento comparo cada rent-a-car na categoria económica (Carros Médios). Você irá comparar na categoria que lhe interessar mais.

Antes de reservar o seu carro clique sempre em “Termos e Condições ao lado do logótipo da rent-a-car. Este é o lugar onde vai encontrar as condições de aluguer, o preço da franquia e das opções.

Verifique sempre se a quilometragem é ilimitada ou o número de quilómetros incluídos e o valor da franquia. Se é um jovem condutor verifique o preço a pagar a mais por dia e os custos de um condutor adicional.

Depois de clicar em “Reservar Já” terá acesso a informações sobre o veículo, as opiniões dos clientes e um resumo das condições de aluguer (“Informações Importantes“).

Poderá também escolher opções adicionais (GPS, assento de bebe, etc.) e pedir o seguro contra todos os riscos da Rentalcars (link afiliado).

Informação: nunca peço o seguro contra todos os riscos das centrais de reservas, porque na hora de pegar no carro a franquia será bloqueada no cartão de crédito e em caso de acidente responsável terei de pedir o reembolso ao seguro das centrais de reservas.

Quando alugo um carro por 2, 3, 7 dias peço sempre o seguro contra todos os riscos das rent-a-cars (Europcar, Avis, Hertz, etc) no balcão. Prefiro pagar um pouco mais caro, do que arriscar perder mais de 1000.

Se fizer uma reserva de várias semanas o seguro será menos interessante. A 14€ por dia em média (os preços variam entre 10€ e 19€), se alugar um veículo por três semanas, o preço do seguro ficará por 294€. Neste caso já vale mais arriscar em deixar a franquia de 1000€.

Se não quiser o seguro contra todos os riscos, assegure-se que o limite de seu cartão de crédito é alto para ter dinheiro durante as férias. Se não pode gastar mais de 2000€ por mês com o seu cartão e que a rent-a-car bloqueia 1000€, você só poderá usar 1000€ durante as suas férias. Para evitar problemas, antes de ir de férias peça o aumento do limite do cartão de crédito ao seu banco.

Para esta reserva, escolhi a Guerin como rent-a-car, mas em vez de reservar de imediato na Rentalcars (link afiliado), fui verificar os preços no site da Guerin. O preço na Guerin era de 383,10€ (Ford Fiesta – mesma categoria que o Seat Ibiza na Rentalcars) e de 332,56€ na Rentalcars (link afiliado) uma diferença de 50,54€.

Informação: durante a preparação deste artigo, reparei que os preços nem sempre são mais baratos na Rentalcars. Às vezes, o preço é mais barato diretamente no site das rent-a-cars (entre 5€ e 10€). Uma vez que a rent-a-car foi escolhida, não hesite a verificar os preços diretamente no site deles, antes de reservar na Rentalcars (link afiliado).

Alugar carros em Portugal

Como deve saber em Portugal existe dois tipos de autoestradas, com portagens “normais” e com portagens eletrónicas (ex-scuts). Para evitar qualquer problema, sugiro que peça o dispositivo Via Verde a 1.85€ por dia, com um máximo de 18€ para quem aluga o carro muitos dias, o que lhe vai permitir circular em todas as autoestradas passando pela via reservada aos aderentes Via Verde.

Quando entregar o carro vai pagar o valor das portagens à rent-a-car. Se prefere pagar as portagens “normais” e eletrónicas sem o dispositivo Via Verde, leia o artigo como pagar as portagens eletrónicas.

Se alugar um veículo no aeroporto do Porto saiba que vai ter que apanhar uma carrinha para ir buscar o seu carro. O site da Rentalcars, diz que algumas rent-a-cars estão dentro do aeroporto, mas na realidade elas estão a 800 metros de distância, num lugar reservado para as empresas de aluguer de automóveis. Terá de esperar alguns minutos antes da chegada da carrinha, da rent-a-car que reservou.

Quando você vê marcado “Serviço de autocarros” no site da Rentalcars, significa que a rent-a-car não está localizada no lugar reservado para elas no aeroporto, mas a alguns quilómetros de distância.

Conclusão

Para concluir, deixo-lhe uma lista de dicas para que a sua reserva corra bem:

  • Reserve o seu carro o mais cedo possível, os preços serão mais baratos e você terá mais chances de ter a categoria desejada.
  • Alugue o seu carro em função das suas necessidades, não alugue um Smart se tem que por 3 bagagens.
  • Ao pagar o aluguer on-line vai ficar mais barato que na agência.
  • Para poder alugar precisa de um cartão de crédito (Visa, Mastercard) com o seu nome e onde a rent-a-car pode bloquear o valor da franquia.
  • Verifique sempre os termos do contrato, o número de quilómetros, o valor da franquia e se optar por um seguro, verifique que garantias tem.
  • Alugue um veículo a gasóleo apenas se prevê fazer muitos quilómetros. Se fizer 800 km a economia que vai fazer no gasóleo não vai cobrir o aumento no preço do aluguer.
  • Nunca alugar um carro, onde tem que pagar o deposito de gasolina quando pega no carro e tenha que fazer a restituição com o deposito vazio, escolha a opção: Full to full / Cheio para cheio
  • Verifique sempre o carro antes de sair da rent-a-car (interior, exterior e o pneu sobresselente) e ao entregar o carro. Exija uma fotocópia para se poder defender em caso de litígio.
  • Antes de pegar no carro certifique-se que a agência está aberta nas horas previstas de entrega, se não for o caso, verifique as condições de restituição.
  • Aproveite os primeiros quilómetros para testar o veículo, travões, embraiagem. Se encontrar qualquer problema volte à agencia para mudar de carro.
  • Ao devolver o carro, encha o deposito a poucos quilómetros da agência.
  • Não entregue o veículo muito sujo, a rent-a-car pode cobrar o custo da limpeza se o veículo tiver pelos de animais ou se tiver o cheiro a tabaco e cigarros.
  • Entregue o veículo a horas para evitar que a rent-a-car lhe fature um dia a mais.

Vai visitar Portugal? Não hesite em reservar o seu carro passando pelo link aqui em baixo. Vai-me permitir continuar a oferecer-lhe gratuitamente dicas e guias para visitar Portugal. Obrigado!

  Reserve aqui o seu carro

Para ter mais dicas para preparar as suas férias em Portugal clique aqui ou ou leia aqui em baixo um dos 5 artigos que escolhi para si!

Também lhe vai interessar :

  • carros de aluguer sem franquia e com seguro todos riscos
  • rent a car avis como fazer com a via verde
  • problemas em alugar carros
  • que seguro para carro de aluguer
  • e o carro não ser roubado

Sobre Tiago

Tiago 28 anos de idade, parisiense desde os 12 anos, decidi partir para a aventura e realizar o meu sonho : conhecer o nosso país de uma ponta à outra. Acho que se não conhecemos as nossas origens não nos podemos conhecer realmente. Leia mais aqui