Top dos sítios a visitar no Parque Nacional da Peneda Gerês

Parque Nacional Peneda Gerês

O Parque Nacional da Peneda-Gerês foi criado em 1971. Abrange uma área total de 72 000 hectares.

Mapa_do_Parque_Peneda-Gerês
Mapa do Parque Peneda-Gerês

Este parque está localizado na região do Minho, no noroeste de Portugal, a cerca de 100 km do Porto, nos distritos de Viana do Castelo, Vila Real e Braga. O parque é o lar de mais de uma centena de aldeias de granito que pouco mudaram desde a criação de Portugal no século XII.

Casa_em_granito_na_aldeia_de_Brufe
Casa em granito na aldeia de Brufe

As aldeias mais antigas estão concentradas principalmente na Serra da Peneda e permanecem longe da vida moderna. Os bois ainda são conduzidos ao longo das ruas por mulheres vestidas de preto e os pastores ainda deixam os seus rebanhos pastar sozinhos durante cinco meses.

Uma_vaca_simpática_a_posar_para_a_fotografia
Uma vaca simpática a posar para a fotografia

Nas zonas mais remotas do parque, alguns lobos vivem ainda, também  javalis, texugos, lontras, veados e póneis selvagens. Poderá também encontrar serpentes e por vezes víboras negras venenosas.

Além dos animais selvagens, vivem também no parque espécies domésticas que são mais facilmente observáveis como gado com longos cornos, cabras e ovelhas específicas da região e o rústico cão pastor Castro Laboreiro.

Rebanho_de_cabras_no_Parque_Nacional_da_Peneda-Gerês
Rebanho de cabras no Parque Nacional da Peneda-Gerês

 Eis os sítios a visitar no Parque Nacional da Peneda-Gerês:

 

1. Castro Laboreiro

 

Castelo_de_Castro_Laboreiro
Castelo de Castro Laboreiro
Fonte : castrolaboreiro.com
Ponte_em_Castro_Laboreiro
Ponte em Castro Laboreiro
Fonte : castrolaboreiro.com

Castro Laboreiro é uma aldeia muito conhecida pelas ruínas do castelo do século XVI, construído em 1505 sobre as fundações de um castelo mouro do século XII, pontes e igrejas medievais, fornos comunitários, moinhos e estilo de vida dos habitantes.

2. Peneda

Santuário_da_Nossa_Senhora_da_Peneda
Santuário da Nossa Senhora da Peneda
Fonte : Rui Videira

Peneda é uma das mais belas aldeias de montanha e situa-se quase a meio do caminho entre Lamas de Mouro e Soajo. Sobrepondo uma ravina profunda, com vista para uma montanha arredondada e uma cascata, Peneda oferece um espectáculo fascinante.

Santuário_da_Nossa_Senhora_da_Peneda
Santuário da Nossa Senhora da Peneda
Fonte : wikipedia.org

O único hotel da aldeia (antigos dormitórios dos peregrinos) é adjacente ao Santuário de Nossa Senhora da Peneda. Este santuário construído entre finais do século XVIII e meados do século XIX, com uma escadaria com cerca de 300 metros e 20 capelas com cenas da vida de Cristo (Natividade e Paixão), é o centro da romaria e festa da Senhora da Peneda, que se realiza na primeira semana de Setembro, onde os habitantes se reúnem na praça para assistir à procissão de velas.

3. Soajo

Espigueiros_na_aldeia_de_Soajo
Espigueiros na aldeia de Soajo
Fonte : serra-do-geres.com
Rua_típica_de_Soajo
Rua típica de Soajo
Fonte : serra-do-geres.com

Soajo é uma aldeia isolada, com vista para o alto do rio Lima. A principal atracção são os espigueiros de pedra onde se guarda o milho. Podemos apreciar uma esplêndida vista sobre a paisagem circundante, e caminhar é uma boa oportunidade para descobrir a beleza desta área protegida.

4. Lindoso

Castelo_de_Lindoso
Castelo de Lindoso
Fonte : lejardinduportugal.fr

Lindoso é uma aldeia (1.300 habitantes) de agricultores e pastores. Esta aldeia é conhecida pelo seu castelo de 1278 e pelos seus espigueiros que estranhamente se assemelham a mausoléus, mas com função bem diferente. Estes espigueiros de granito, pousados sobre palafitas e ventilados através das aberturas laterais, proporcionam a secagem e o armazenamento do milho.

Espigueiros_ao_lado_do_Castelo_de_Lindoso
Espigueiros ao lado do Castelo de Lindoso
Fonte : lejardinduportugal.fr

5. Vilarinho das Furnas

Vilarinho_das_Furnas_submersa_pelas_águas
Vilarinho das Furnas submersa pelas águas
Fonte : wikipedia.org

Vilarinho das Furnas é uma aldeia que ficou submersa em 1972 pela construção e enchimento da barragem de mesmo nome. Devido a uma curiosidade jurídica, as terras submersas ainda pertencem aos antigos habitantes, mas o uso da barragem pertence ao Estado Português.

Antiga_casa_em_Vilarinho_das_Furnas
Antiga casa em Vilarinho das Furnas

Visite Vilarinho das Furnas, no final do verão e/ou no outono, nestas alturas o nível das águas está baixo e os muros da antiga aldeia surgem das águas.

Quando chegar à barragem de Vilarinho das Furnas, verá uma barreira, passe ao lado a pé e ao fim de 2 km encontrará a antiga aldeia.

6. Via Romana da Geira

Marcos_miliários_no_Parque_Nacional_da_Peneda-Gerês
Marcos miliários no Parque Nacional da Peneda-Gerês
Fonte : flickr.com : cncporto

Esta via romana ligava duas importantes cidades da Península Ibérica: “Bracara Augusta”, actual cidade de Braga e “Asturica Augusta”, actual cidade de Astorga em Espanha, num percurso de CCXV milhas (~318 Km).

Convido-o a visitar a parte da via romana entre Campo do Gerês e Portela do Homem, situada na Mata da Albergaria, um dos mais belos sítios do parque.

Mata_da_Albergaria
Mata da Albergaria
Fonte : flickr.com : albano moreira
Informações
  •     Distância do percurso: 8 Km
  •     Localização das BTT: equidesafios

 7. São Bento da Porta Aberta

Cripta_do_Santuário_de_São_Bento_da_Porta_Aberta
Cripta do Santuário de São Bento da Porta Aberta
Fonte : flickr.com : goncalo proenca
Loja_de_lembranças_em_São_Bento_da_Porta_Aberta
Loja de lembranças em São Bento da Porta Aberta
Fonte : flickr.com : antonioluisousa

O Santuário de São Bento da Porta Aberta está localizado na aldeia de Rio Caldo, no Parque Nacional da Peneda-GerêsO culto a São Bento deve a sua origem à influência dos monges de Santa Maria de Bouro.

Em 1640 eles começaram a construir a capela. Segundo a tradição, esta capela tinha um alpendre, como em quase todas as capelas do alto dos montes, e as portas estavam sempre abertas, servindo de abrigo a quem por ali passava. Foi daí que veio a designação de São Bento da Porta Aberta, nome pelo qual é ainda hoje conhecida.

8. Miradouro da Pedra Bela

Miradouro_da_Pedra_Bela
Miradouro da Pedra Bela
Fonte : flickr.com : joaoleitao

Um dos sítios mais bonitos para admirar o Parque Nacional da Peneda-Gerês. Este miradouro está situado a 6 km da vila do Gerês.

9. Cascata do Arado

Cascata_do_Arado
Cascata do Arado
Fonte : flickr.com : mariofch

A Cascata do Arado é uma das mais famosas quedas de água do parque, está localizada a cerca de 900 metros de altitude.

Ponte_do_ Rio_Arado
Ponte do rio Arado
Fonte : wikipedia.org
Informações

10. Pitões das Júnias

Mosteiro_de_Santa_Maria_das_Júnias
Mosteiro de Santa Maria das Júnias
Fonte : wikipedia.org

 Pitões das Júnias é uma pequena aldeia conhecida pelo seu mosteiro beneditino construído em meados do século IX. Situado num magnifico vale, o mosteiro era destinado a abrigar os monges beneditinos. No século XII o mosteiro foi doado à Ordem de Cister.

  •     Dias necessários para visitar o Parque Nacional da Peneda-Gerês: 4 Dias
TransportesOnde ComerOnde DormirFestas no parque Informações Úteis

Desde/Para o Parque Nacional da Peneda-Gerês

 Autocarro

A Empresa Hoteleira do Gerês liga Braga à vila do Gerês (3.50€, 1 h e 30 min, uma vez por hora de segunda a sexta e seis vezes  por dia ao sábado e ao domingo)

Os autocarros Salvador atravessam Ponte de Barca à semana, duas vezes por dia, ligando Arcos de Valdevez a Soajo (2.10€, 45 min) e Lindoso (2.20€, 1 h) no Parque Nacional da Peneda-Gerês.

Carro/Moto

No geral as estradas são boas no parque, mas os caminhos podem ser traiçoeiros. Atenção às pequenas estradas, podem ser perigosas para o seu carro, mesmo que não apareçam nos mapas.

Quando visitei o parque decidi usar o carro como meio de transporte para ter mais liberdade e para perder menos tempo.

Sugestões para comer

Saber ao Borralho

Saber ao Borralho serve num ambiente agradável, com excelentes pratos locais, como a posta à barrosã, mas também três pratos de bacalhau e uma tentadora selecção de sobremesas.

Informações

Lurdes Capela

Situado na vila do Gerês, este restaurante familiar está quase sempre cheio, por causa da sua excelente cozinha. Na ementa tem volumosos pratos de peixes frescos, batatas e legumes na manteiga, carne, bacalhau, etc.

Informações

Sugestões para dormir

Chalé de Soutelinho (link afiliado)

O tranquilo Chalé de Soutelinho está situado no Parque Nacional da Peneda-Gerês e dispõe de um jardim e de uma piscina exterior. A casa foi recentemente renovada e está localizada na entrada da cidade do Gerês.

Informações

Peneda Hotel*** (link afiliado) 

O Peneda Hotel está situado ao lado do Santuário da Nossa Senhora da Peneda. Os aeroportos Peinador e Francisco Sá Carneiro estão respectivamente a 70 e 140 km. Os quartos são confortáveis, com amenidades modernas e com casa de banho privada. O restaurante do hotel serve comida portuguesa.

Informações

Nossa Senhora da Peneda

De 1 a 8 de Setembro de cada ano decorre a romaria à Nossa Senhora da Peneda. No 5 e 6 de Setembro são os dias mais importantes da festa, com a procissão eucarística e musica popular portuguesa.

São Bento da Porta Aberta

  • 20 e 21 de Março: Nesta data celebra-se a morte de S. Bento, em Monte Cassino, Itália. O principal dia da romaria é o dia 21, que antigamente era o dia da sua festa;
  • 10 e 11 de Julho: Celebra-se a Festa de S. Bento, Padroeiro da Europa;
  • 10, 11,12, 13,14 e 15 de Agosto: Esta é, por tradição, a grande romaria a S. Bento da Porta Aberta. Nestes dias milhares de peregrinos acorrem ao Santuário para cumprirem as suas promessas.

Portas do parque: Lamas de Mouro, Mezio, Lindoso, Campo do Gerês, Paradela e Montalegre. Poderá fazer percursos de orientação com a ajuda de PDA e de GPS, disponíveis nas portas do parque.

Sede do Parque Nacional da Peneda-Gerês: portal.icn.pt

Central de reservas das regiões do Parque Nacional da Peneda-Gerês:  adere-pg.pt

Para mais informações visite: visitportugal.com ou visitportoandnorth.travel

Conselhos úteis para a sua visita ao Parque Nacional da Peneda-Gerês :

1- Tenha sempre em atenção as previsões meteorológicas e evite realizar actividades em dias em que se preveja a ocorrência de chuvas, trovoadas e nevoeiros.

2- Acima dos 800 metros acontece, por vezes, rápidas alterações climatéricas. Previna-se.

3- Opte por vestuário e calçado simples e confortável. Evite usar a cor amarela e perfume pois atrai os insectos.

4- No verão, tenha especiais cuidados com o sol e abasteça-se de água antes de iniciar qualquer percurso. Mesmo no inverno, leve sempre água, comida e um telemóvel.

5- Se tiver, leve binóculos e máquina fotográfica.

Quer visitar o Parque Peneda Gerês em 2016? Tenho uma boa noticia! Acabei de preparar o guia detalhado para visitar o Parque Nacional Peneda Gerês em 4 dias.

No guia vai encontrar as cascatas e os miradouros a não perder, as aldeias típicas do parque, onde comer, onde dormir e os sítios desconhecidos do publico de uma beleza rara.

Convido-o a baixar (fazer o download) o guia Visitar o Parque Nacional da Peneda Gerês aqui para descobrir lugares extraordinários únicos em Portugal.

 

  • o que visitar no geres
  • locais a visitar no geres
  • visitar geres
  • gerês o que visitar
  • geres mapa

Sobre Tiago

Tiago 28 anos de idade, parisiense desde os 12 anos, decidi partir para a aventura e realizar o meu sonho : conhecer o nosso país de uma ponta à outra. Acho que se não conhecemos as nossas origens não nos podemos conhecer realmente. Leia mais aqui