Top dos sítios a visitar em Ponte de Lima

ponte de lima

A vila mais antiga de Portugal foi fundada em 1125 por D. Teresa.

Dona_Teresa_deu_o_Foral_à_vila_de_Ponte de Lima
Dona Teresa deu o Foral à vila de Ponte de Lima

Esta vila tem o nome de Ponte de Lima, que vem do rio que atravessa (Lima) e da ponte criada pelos romanos ( ligava Braga a Astorga em Espanha).

Eis os sítios a visitar em Ponte de Lima:

 

1. Ponte Medieval

Ponte_medieval_que_ligava_Braga_a_Astorga
Ponte medieval que ligava Braga a Astorga

A estrutura desta ponte de 24 arcos vem do tempo dos romanos. No século XIV, a maior parte da ponte foi reconstruída, apenas uma parte na margem oeste é autenticamente romana.

2. Igreja Matriz

Igreja_Matriz
Igreja Matriz

No século XV foram construídos alguns dos edifícios mais marcantes no desenvolvimento desta vila, a Igreja Matriz é um deles.

3. Parque do Arnado

Parque_Temático_do_Arnado
Parque Temático do Arnado

O Parque Temático do Arnado é um parque temático, onde junta estilos de todo o mundo, como o jardim romano, o labirinto, inspirado na lenda do Minotauro; da Renascença, onde a água é considerada um elemento essencial e o estilo barroco, reflectindo o esplendor dos jardins à francesa.

  •     Entrada gratuita
  •     Horário: Aberto todos os dias das 10h-19h

4. Torre da cadeia velha

Torre_da_cadeia_velha_de_Ponte_de_Lima
Torre da cadeia velha de Ponte de Lima

A torre da cadeia velha (construída no século XVI) foi um espaço de encarceramento até meados dos anos 60 do século XX, desde então é utilizada para exposições.

  •     Entrada gratuita
  •     Horário: De terça a domingo das 10h-19h

5. Largo de Camões

Largo_de_Camões
Largo de Camões

Relaxe numa esplanada no largo de Camões e desfrute do pôr do sol sobre a ponte medieval.

6. Jardins temáticos

Jardim_redemoinho_de_sensações
Jardim redemoinho de sensações

No mês de Maio de cada ano, um concurso é organizado, os doze artistas seleccionados criam um jardim efémero sobre um determinado tema. A escolha é feita em Outubro e o jardim premiado é conservado para o ano seguinte. Para mais detalhes e fotos dos jardins, veja aqui outro artigo sobre o Festival internacional de Jardins.

  •     Entrada: 1 €
  •     Horários: Todos os dias das 10h30-19h

7. Lagoas de Bertiandos e São Pedro de Arcos

Lagoas_de_Bertiandos_e_São_Pedro_de_Arcos
Lagoas de Bertiandos e São Pedro de Arcos

Pode encontrar nesta zona espécies pouco comuns a outros locais, dado o habitat específico  de zona húmida. No Total, a paisagem protegida sustenta mais de 500 espécies da flora como por exemplo a roseira brava, o feto real e o lírio amarelo.Destaca-se a presença de espécies da fauna de interesse comunitário que exigem protecção como por exemplo a lontra, a rã-ibérica, o lagarto de agua, o falcão peregrino a lampreia marina, entra outras. Para mais informações leia este artigo sobre a Lagoas de Bertiandos e São Pedro de Arcos.

  •     Entrada: 1 €
  •     Horários do centro de informações: De segunda à sexta das 9h às 12h30 e das 14h às 17h30, sábado e domingo das 14h30 às 18h

8. Santuário do Senhor do Socorro

Santuário_do_Senhor_do_Socorro
Santuário do Senhor do Socorro

Santuário do Senhor do Socorro situa-se na freguesia de Labruja a 12 km de Ponte de Lima. A devoção ao Senhor do Socorro começou por causa de uma cura de ferimentos nas pernas de um lavrador. Quando lhe perguntavam que remédio tinha aplicado, o lavrador respondia apontando para uma velha imagem de um Senhor que tinha recebido de uma antiga igreja e exclamando: ‘Este é o meu Socorro…’ .

  •     Dias necessários para visitar a vila e os seus arredores: 2 dias
TransportesOnde ComerOnde DormirOnde SairDatas importantes da VilaInformações Úteis

Desde/Para Ponte de Lima

Para chegar a Ponte de Lima tem duas opções: o carro e o autocarro.

Se quiser visitar os arredores da vila aconselho a escolher o carro como meio de transporte, se tiver só interessado em visitar o centro da vila o autocarro pode ser uma hipótese para chegar a Ponte de Lima.

Os autocarros de longa distância param na avenida António Feijó (compra do bilhete a bordo) ou na central de camionagem.

Várias vezes por dia de Ponte de lima a Viana do Castelo tem o autocarro Av Cura/Transcolvia (50 min de trajecto)

Uma vez por dia de Ponte de Lima a Braga (4€, 30 min), Valença do Minho (7€, 25 min) e Lisboa (19€, 6h30), pelo Porto (8€, 2h15) tem o autocarro Rede Expressos

Na Vila

Se vier de carro, aconselho que estacione ao lado (no areal) da ponte medieval (estacionamento gratuito) e visite o centro da vila a pé. Para visitar os pontos 7 e 8 terá de se deslocar de carro.

Sugestões para comer

Sabores do Lima

Ao lado do rio Lima, Sabores do Lima oferece aos clientes uma cozinha tipicamente portuguesa (carne assada, bacalhau, marisco) e a especialidade da região: arroz de sarrabulho com rojões.

Informações

Aquário

Menos conhecido dos “turistas”, este Bar/Restaurante é muito apreciado pelos moradores da vila. O que adorei no Aquário foram as deliciosas sobremesas. Convido-o a experimentar a crepe royal (chantilly, doce de morango, duas bolas de gelado, e vários tipos de fruta). Não escolha um prato muito pesado se quer acabar a sobremesa!

Informações

Sugestões para dormir

 Mercearia da Vila (link afiliado)

Situada no centro histórico de Ponte de Lima, esta pousada dispõe de quartos com decoração individual e casas de banho modernas. Os hóspedes poderão relaxar na área de estar comum ou preparar refeições na cozinha partilhada.

Informações

Inlima Hotel & Spa**** (link afiliado) 

Dispondo de centro de spa e bem-estar e jacuzzi, o Inlima Hotel e Spa também dispõe de serviço de babysitting e recepção 24 horas. Oferece vista panorâmica sobre a cidade e quartos de 4 estrelas.

Informações

Casa do Pinheiro (link afiliado)

A Casa do Pinheiro está localizada no centro histórico de Ponte de Lima e consiste numa mansão, que apresenta quartos com uma decoração tradicional, para além de uma piscina exterior, um jardim e uma área de estar interior.

Informações

Sugestões para sair

Arte e Baco

O bar mais elegante da vila recebe exposições de arte e serve o melhor vinho da região (Minho) e do Douro, bons charutos e um excelente vinho do Porto.

Informações

Klaustrofobia

Este bar é muito apreciado pelos jovens limianos. Um dos pontos positivos do Klaustrofobia é o acesso à Internet gratuito.

Informações

Feira de Ponte : a mais antiga de Portugal, realiza-se quinzenalmente à segunda-feira, no areal do rio Lima.

“Feiras Novas” : designação popular para as Festas de Nossa Senhora das Dores. Realizam-se na vila no 3º fim-de-semana de Setembro e prolongam-se por 4 dias.

Feira das Velharias e Antiguidades : segundo domingo de cada mês na Avenida dos Plátanos.

Artesamês :  mostra o artesanato na Avenida dos Plátanos, no último domingo de cada mês.

Vaca das Cordas : realiza-se na vila em véspera do Corpo de Deus. A partir das 18h até ao pôr-do-sol cumpre-se a tradição “um touro é conduzido por pegadores e cordas pelas ruas da vila para aí ser corrido e provocado”.

Espaço Internet

Acesso gratuito à Internet

Aberto das 13h00 às 20h00 de segunda a sexta e das 10h00 às 20h00 ao sábado

Localização: Avenida António Feijó, 65, Ponte de lima

Posto de Turismo

Horários:

Segunda a Sábado: 9h30 – 12h30 e 14h30 – 18h00

Domingo:  9h30 – 12h30 e 14h00 – 17h30

Localização: Rua Doutor Cândido da Cruz, Ponte de Lima

Correios

Horários: 8h30 – 17h30

Localização : Praça da Republica, Ponte de lima

Vai visitar Ponte de Lima? Não hesite em reservar o seu carro passando pelo link aqui em baixo. Vai-me permitir continuar a oferecer-lhe gratuitamente dicas e guias para visitar Portugal. Obrigado!

  Reserve aqui o seu carro

Clique aqui para visitar outros locais lindíssimos no norte de Portugal ou leia aqui em baixo um dos 5 artigos que escolhi para si!

Também lhe vai interessar :

  • ponte de lima o que visitar
  • o que visitar em ponte de lima
  • visitar ponte de lima
  • visitar em ponte de lima
  • sitios a visitar

Sobre Tiago

Tiago 28 anos de idade, parisiense desde os 12 anos, decidi partir para a aventura e realizar o meu sonho : conhecer o nosso país de uma ponta à outra. Acho que se não conhecemos as nossas origens não nos podemos conhecer realmente. Leia mais aqui