Os 5 sítios extraordinários abandonados em Portugal

Portugal é um dos países mais ricos a nível de historia, tem vários monumentos extraordinários que podem ser visitados, mas infelizmente tem também sítios incríveis completamente abandonados que mereciam ser restaurados. Muitos destes lugares são abandonados por falta de dinheiro ou por guerras de herança.

Neste artigo vou-lhe mostrar os 5 sítios abandonados em Portugal que a meu ver merecem uma nova vida.

Eis o top 5 dos sítios abandonados em Portugal

1. Monte Palace

Quando visitei o Miradouro da Vista do Rei (uma das 7 maravilhas naturais de Portugal) na ilha de São Miguel encontrei por trás desta linda paisagem um prédio completamente abandonado. O que agora estraga um pouco a beleza do local, foi há 20 anos um hotel cinco estrelas.

O Monte Palace abriu ao público a 15 de Abril de 1989 e tinha/tem cinco pisos com 83 quartos, quatro suítes de luxo, uma suíte presidencial, dois restaurantes (Dona Amélia e o D. Carlos) e uma discoteca.

Um ano e meio depois da sua abertura o hotel Monte Palace fechou as portas devido a problemas financeiros.

O projeto inicial previa que fosse construído um casino dentro do hotel para atrair “turistas do jogo”, mas a concessão nunca foi autorizada.

O hotel estava previsto ser inaugurado em 1983, mas por varias razões a abertura só foi possível em 1989. Os atrasos fizeram com que o hotel mesmo antes de abrir tivesse um prejuízo muito elevado.

Em novembro de 1990 é decidido o encerramento do hotel devido ao aumento do prejuízo. O grande problema eram os custos elevados de manutenção e a falta de clientes.

Desde então e até 2010 o hotel manteve-se intacto graças aos seguranças que vigiavam o local com a ajuda de vários cães.

Por falta de pagamento a partir de 2011 o hotel ficou sem vigilância, o que provocou a vandalização do local.

Em outubro de 2015 o edifício foi vendido por 380 000€. Neste momento há um projeto de criar um hotel, lojas e cafés para os turistas que visitam o Miradouro da Vista do Rei.

Deixo-lhe aqui o vídeo de Jorge Loures, uma das pessoas que conhece perfeitamente a historia deste local.

Informação: A maior parte das fotos do hotel foram tiradas deste vídeo.

Se visitar este local faça muito cuidado para não cair num dos buracos deixados pelos elevadores ou pela falta de portas e janelas.

2. Palácio da Dona Chica

sitios abandonados em Portugal - Castelo da Dona Chica
© Publico.pt

Francisca Peixoto de Sousa herdou uma grande fortuna em 1913 quando o pai faleceu no Brasil e decidiu voltar a viver em Portugal. Em 1915 manda construir o Palácio da Dona Chica nos arredores de Braga (Palmeira) com o objetivo de realizar grandes festas.

Depois de Francisca ter voltado para o Brasil o palácio teve vários donos o que fez com que o edifício fosse apenas acabado em 1991 quando a Junta de Freguesia de Palmeira o comprou.

Entre 1991 e 1994 com o acordo da junta de freguesia, uma empresa transformou o palácio num local de lazer (bar, discoteca e restaurante).

Desde essa data o edifício está abandonado por causa de uma disputa judicial. Em 2010 foi comprado por um empresário de Braga que tinha o projeto de transformar este local numa quinta para fazer casamentos, festas e jantares. Infelizmente 5 anos mais tarde nada foi feito!

Informação: O Palácio da Dona Chica não está aberto ao publico.

3. Hotel Termal Serra da Pena

Quando fui visitar a lindíssima aldeia da Sortelha, uma das 12 aldeias históricas de Portugal, passei à frente deste edifício que me intrigou bastante.

Depois de varias pesquisas consegui conhecer um pouco mais da sua historia. Este edifício situado a 5km da Sortelha é conhecido como o Hotel Serra da Pena ou Hotel das Águas de Radium.

Por volta de 1910 foram feitas as primeiras pesquisas sobre a radioatividade das águas portuguesas. Nessa altura começou a haver um interesse muito grande por parte de empresas para encontrar águas que fossem radioativas, porque na altura estas águas eram consideradas benéficas para a saúde. Este fenómeno aconteceu em Portugal e em vários países da Europa e ficou conhecido como a “febre da radioatividade”.

Segundo a lenda, um Conde espanhol ouvi falar dos benefícios desta água e decidiu deslocar-se a este local para curar a doença que sofria a sua filha. Como a doença da filha foi curada, o Conde decidiu criar o Hotel das Águas de Radium. Este hotel tinha 90 quartos e tinha capacidade para 150 pessoas.

As termas eram muito procuradas por portugueses e estrangeiros até à segunda guerra mundial, altura que se descobriu que as águas radioativas não eram assim tão boas para a saúde como se pensava e podiam mesmo causar doenças.

O hotel foi à falência em 1951 e foi desde então abandonado. Em 1985 o local foi comprado por Ramiro Lopes, que por sua vez vendeu a propriedade ao seu irmão no ano 2000 para ali ser construído um hotel de luxo (utilizando as atuais ruínas) com campo de golfe e piscinas.

Segundo o programa “Abandonados” da Sic o proprietário está à espera do fim da crise para avançar com o projeto.

Se for visitar a histórica aldeia da Sortelha, não perca a oportunidade de visitar o Hotel das Águas de Radium.

4. Restaurante Panorâmico de Monsanto

O Restaurante Panorâmico de Monsanto foi inaugurado em 1968 no Parque Florestal de Monsanto. Tem um dos melhores miradouros para apreciar Lisboa, graças à deslumbrante vista de 360º sobre a capital portuguesa.

Depois de ser um restaurante, este local foi utilizado como escritório de uma empresa de filmagens, bingo, discoteca e até armazém de materiais de construção civil.

O edifício está abandonado à mais de uma década. A Câmara Municipal de Lisboa tentou várias vezes dar uma vocação a este espaço, mas nunca o conseguiu. O problema deste local é estar um pouco isolado e longe do centro de Lisboa.

Para proteger o Restaurante Panorâmico de Monsanto do vandalismo, ele está guardado pela Polícia Municipal 24 horas por dia.

Para ver mais fotos do local clique aqui ou veja este lindo vídeo de Nuno Castro.

5. Mosteiro de Santa Maria de Seiça

sitios abandonados em Portugal - Mosteiro de Santa Maria de Seiça
© mosteirodeseica.com

Conta a lenda que durante uma caça um dos escudeiros de D. Afonso Henriques ficou como morto depois de cair debaixo de um cavalo em Seiça. D. Afonso Henriques rezou com muita fé e o seu homem conseguiu recuperar. O primeiro rei de Portugal prometeu então criar o Mosteiro de Santa Maria de Seiça. A promessa foi comprida em meados de 1162.

Este local foi habitado durante 5 séculos por monges. Para além de convento e igreja, já foi também casa de uma família e fábrica de descasque de arroz entre 1911 e 1976. Depois foi completamente abandonado e hoje está a cair aos poucos.

Clique aqui para descobrir mais locais abandonados, no programa “Abandonados” da Sic.

Vai visitar Portugal? Não hesite em reservar o seu hotel ou o seu carro passando pelos links aqui em baixo. Vai-me permitir continuar a oferecer-lhe gratuitamente dicas e guias para visitar Portugal. Obrigado!

Reserve aqui o seu Hotel  Reserve aqui o seu carro

Clique aqui para saber o que visitar em Portugal ou leia aqui em baixo um dos artigos que escolhi para si!

Também lhe vai interessar :

  • edifícios abandonados em monsanto
  • monte palace hotel vendido
  • sitios estraordinarios

Sobre Tiago

Tiago 28 anos de idade, parisiense desde os 12 anos, decidi partir para a aventura e realizar o meu sonho : conhecer o nosso país de uma ponta à outra. Acho que se não conhecemos as nossas origens não nos podemos conhecer realmente. Leia mais aqui