Visita a Câmara de Lobos, Cabo Girão e Fajã dos Padres

Camara de Lobos

Gostaria de descobrir miradouros com paisagens incríveis, aldeias de uma rara beleza e uma das falésias mais altas do mundo (580 metros), tudo isto situado na ilha da Madeira? Ainda bem! Neste artigo, vai descobrir Câmara de Lobos, uma bela cidade de pescadores, o Cabo Girão, que para além de oferecer uma vista incrível, vai oferecer-lhe emoções fortes e vários miradouros onde as paisagens são deslumbrantes.

Os sítios que vai encontrar ao longo do artigo fazem parte dos lugares que visitei durante o meu terceiro dia na Madeira. O roteiro vai ser mostrado na ordem que deve visitar estes lindos lugares para perder o menor tempo possível entre cada local.

Ao longo do artigo, vai também encontrar dicas sobre cada local para que possa preparar melhor a sua viagem à “Pérola do Atlântico”.

Câmara de Lobos

A pequena cidade de Câmara de Lobos é uma das mais belas da ilha e é frequentemente usada como cartão postal da Madeira.

Comece a sua visita pelo miradouro do Salão Ideal para apreciar a bela vista sobre a baía da cidade, os barcos de pesca coloridos e a falésia do Cabo Girão.

  • GPS: 32°38’44.1″N 16°58’19.3″W

Em seguida, vá visitar o pitoresco centro histórico para admirar os barcos de pesca coloridos e perca-se nas pequenas ruas à volta da baía.

Não hesite em parar num dos bares para apreciar a vista e descobrir a especialidade local: a Poncha, uma bebida com aguardente, limão e mel.

Informação: Pode deixar o carro no parque de estacionamento municipal em frente à baía. Vai-lhe custar cerca de 50 cêntimos a cada 30 minutos.

  • GPS: 32°38’55.1″N 16°58’30.5″W

Antes de deixar Câmara de Lobos, suba ao miradouro do Pico da Torre para apreciar a vista sobre a cidade e o mar. Para além da vista, vai ter a possibilidade de ver os campos de bananas e a falésia do Cabo Girão.

  • GPS: 32°39’07.0″N 16°58’25.6″W

Miradouro do Cabo Girão

O Cabo Girão é uma das falésias mais altas (580 metros) do mundo e oferece uma vista incrível sobre os arredores de Câmara de Lobos, o mar e a Fajã do Cabo Girão.

Em 2012 foi construída uma plataforma suspensa de vidro (Skywalk) que lhe permitirá testar os seus limites, especialmente se tiver vertigens.

Mesmo sabendo que é seguro pôr os pés na plataforma, posso dizer-lhe que pensei duas vezes antes de me aventurar, sobretudo depois de ver o impressionante número de turistas na plataforma.

Embora seja um lugar muito turístico (este é provavelmente o lugar mais conhecido da Madeira), o Cabo Girão vale a pena ser visitado.

  • GPS: 32°39’25.3″N 17°00’16.9″W

Miradouro da Fajã dos Padres

A 4 km do Cabo Girão encontra-se o miradouro da Fajã dos Padres onde pode desfrutar da vista sobre o mar e sobre as terras agrícolas, nos pés da falésia (fajã).

Para além das terras agrícolas, vai encontrar na Fajã dos Padres uma praia, um restaurante e algumas casas, utilizadas antigamente pelos agricultores mas que foram convertidas em casas para turismo.

Para aceder à fajã, tem duas opções: ir de barco a partir de Câmara de Lobos ou descer no teleférico situado no miradouro da Fajã dos Padres.

Antes da construção do teleférico, a única maneira de descer era o elevador panorâmico que fazia a viagem em 4 minutos.

Ponta do Sol

A Ponta do Sol é uma pequena vila encantadora, localizada a 18 km do Funchal. A visita é rápida, mas vale a pena parar aí alguns minutos.

Depois de apreciar este bonito cartão postal, perca-se nas pequenas ruas atrás da praia para admirar as belezas escondidas de Ponta do Sol.

  • GPS: 32°40’46.5″N 17°06’16.9″W

Ao sair de Ponta do Sol, não hesite em seguir pela velha estrada (ER101) que liga Ponta do Sol a Madalena do Mar para passar debaixo desta linda cascata e descobrir os antigos túneis que lhe vão dar a impressão de estar a entrar numa caverna.

  • GPS Cascata: 32°41’11.9″N 17°06’49.8″W

Ponta do Pargo

O trajeto entre a Ponta do Sol e a Ponta do Pargo (30 km) pode ser feito pela nova estrada VE3, mas recomendo que utilize a velha estrada junto ao mar – vai permitir-lhe parar alguns minutos para visitar Madalena do Mar, a praia artificial de Calheta, Jardim do Mar, Paul do Mar e Fajã da Ovelha.

Quando chegar à Ponta do Pargo, faça um pequeno percurso pedestre para ver a cascata da Garganta Funda, localizada a poucos metros do Oceano Atlântico.

É um lugar pouco conhecido da maioria dos turistas, mas posso dizer-lhe que é um dos lugares mais bonitos da Madeira (é o meu preferido).

A foto não o convenceu? Assista ao vídeo para ver a beleza deste miradouro!

Como ir até ao miradouro da Garganta Funda?

Quando chegar à Ponta do Pargo continue durante 2 km (a partir do sinal Ponta do Pargo) na estrada ER101 e vire à esquerda na pequena estrada “Levada do Pedregal“. No fim da estrada, vire à esquerda e, finalmente, vire na primeira estrada à direita (Caminho do Pedregal).

Continue durante 300 metros e deixe o carro no fim da estrada (antes do caminho de terra).

Aqui estão as coordenadas GPS do sítio onde tem de deixar o carro:

  • GPS: 32°49’08.9″N 17°14’49.8″W

Depois, basta seguir as indicações “Miradouro Garganta Funda“. Após alguns metros, verá duas pequenas “cabanas”, continue durante 200 metros pelo caminho ao longo da falésia.

No total, o percurso pedestre entre o carro e o miradouro é de 500 metros para cada lado.

Em seguida, volte à Ponta do Pargo para admirar o farol e o miradouro da Ponta do Pargo onde pode esperar pelo pôr-do-sol enquanto come ou bebe um chá na Casa de Chá O Fio.

  • GPS Farol Ponta do Pargo: 32°48’50.3″N 17°15’45.5″W
  • GPS Miradouro Ponta do Pargo: 32°48’35.4″N 17°15’23.1″W

Clique aqui para descobrir o quarto dia do meu roteiro na Madeira, onde pude visitar a linda cidade do Funchal.

Informação: A minha viagem à Madeira foi facilitada pela companhia aérea Aigle Azur, companhia que me permitiu descobrir e dar-lhe a conhecer esta maravilha.

Vai visitar a Madeira? Não hesite em reservar o seu hotel ou o seu carro passando pelos links aqui em baixo. Vai-me permitir continuar a oferecer-lhe gratuitamente dicas e guias para visitar Portugal. Obrigado!

Reserve aqui o seu Hotel  Reserve aqui o seu carro

Também lhe vai interessar:

  • o que visitar na madeira
  • madeira o que visitar
  • madeira miradouro vidro
  • madeira locais a visitar
  • o que ver na madeira

Sobre Tiago

Tiago 30 anos de idade, parisiense desde os 12 anos, decidi partir para a aventura e realizar o meu sonho : conhecer o nosso país de uma ponta à outra. Acho que se não conhecemos as nossas origens não nos podemos conhecer realmente. Leia mais aqui