Rua Santa Catarina: Todas as informações sobre esta rua do Porto

Visitar o Porto sem descobrir a famosa Rua de Santa Catarina, é como ir a Paris sem visitar a Torre Eiffel!

A Rua Santa Catarina é a artéria comercial da cidade. Mas não se engane: visitá-la não é (sempre) sinónimo de fazer compras. É, acima de tudo, um lugar que respira a história e a arquitetura do Porto.

Neste artigo vai encontrar a história desta rua, os lugares a não perder, os meios de transporte para lá chegar… Vou contar-lhe tudo sobre esta artéria emblemática, que liga a cidade de norte a sul!

Rua Santa Catarina no Porto: um pouco de história

Os primeiros registos escritos da existência da Rua Santa Catarina no Porto datam do século XVII.

Diz-se que o seu nome deriva da Capela das Almas, a igreja emblemática da rua, erigida em honra de uma santa cristã do século IV, chamada Catarina de Alexandria.

No entanto, este nome não se refere à rua como a conhecemos hoje. Esta rua, que tem agora quase 2 quilómetros de comprimento, desenvolveu-se em duas fases. Até 1748, a Rua Santa Catarina era, de facto, apenas uma pequena parte da atual rua.

Em 1784, João Almada e Melo, responsável pela expansão urbana do Porto, ampliou a Rua Santa Catarina até à Praça do Marquês de Pombal. Esta parte, inicialmente conhecida como Rua Bela da Princesa, faz hoje em dia parte do resto da artéria.

Em 1896, Aurélio Paz dos Reis realizou o que é considerado o primeiro filme português na Rua Santa Catarina: “Saída do Pessoal Operário da Fábrica”.

Na Rua Santa Catarina, os peões são tratados como reis: 550 metros da rua são proibidos a veículos motorizados.

Eis os lugares emblemáticos da Rua Santa Catarina no Porto

Capela das Almas ou Santa Catarina

capela-das-almas-porto-portugal-rua-santa-catarina

Se há um monumento religioso notável na Rua Santa Catarina, é sem dúvida a Capela das Almas.

A Capela das Almas de hoje está longe de ser a mesma que era no início. Foi originalmente construída no local de uma antiga capela de madeira. Esta capela recebeu o nome de Catarina de Alexandria. Foi só no século XVII que a igreja que conhecemos hoje foi construída.

A fachada da igreja foi, até 1929, pintada de branco. Hoje está coberta com 15 947 azulejos que descrevem a vida de São Francisco de Assis, numa superfície total de 390 metros quadrados.

Que o aspeto religioso lhe agrade ou não, a arquitetura, a história e a beleza do monumento são suficientes para fazer dela um lugar a não perder.

Situa-se no número 428 da Rua de Santa Catarina, mesmo em frente à estação do metro Bolhão.

Via Catarina Shopping

O que seria de uma rua comerciante sem um centro comercial como deve ser? Uma zebra sem riscas!

O Via Catarina Shopping é um grande centro comercial no coração da Rua Santa Catarina. Construído em 1996, o edifício foi a sede do jornal O primeiro de Janeiro, cuja fachada foi preservada.

No centro comercial encontrará muitas lojas, como, por exemplo, H&M, Levis, e um grande Flying Tiger.

O último piso, é uma verdadeira galeria culinária: encontrará vários restaurantes para todos os gostos.

Mesmo que não esteja interessado em fazer compras, reserve alguns minutos para passear no Via Catarina Shopping.

O centro comercial está situado do 312 ao 350 da Rua Santa Catarina, no Porto.

Fábrica da Nata

Na Fábrica da Nata, há sempre pastéis de nata quentes a sair do forno! O suficiente para o fazer querer parar! Para além dos pastéis, poderá também comprar sandes, saladas, e claro tomar um café.

Está situada entre o 331 e 335 da Rua de Santa Catarina.

Mercado do Bolhão

Aproveite a sua visita à Rua Santa Catarina para conhecer o barulhento e exuberante Mercado do Bolhão. Este edifício de dois andares é uma verdadeira obra-prima!

O pátio interior reúne as várias bancas e mergulhá-lo-á numa atmosfera especial que o encorajará a falar com os vendedores típicos do Porto! O mercado é também uma testemunha de um certo “art de vivre”, de perfumes, cores, produtos diversos e variados a não perder!

O mercado está localizado a 100 metros da Rua de Santa Catarina (Rua Formosa 320).

Manteigaria

Se está à procura de um lugar para comer pastéis de nata saborosos e beber um delicioso café Delta, tem de ir à Manteigaria! Está localizado em frente ao Mercado do Bolhão na Rua de Alexandre Braga 2.

Café Majestic

Inaugurado a 17 de dezembro de 1921 como o café “Elite”, tornou-se rapidamente num local de encontro preferido de pessoas famosas da época. Foi também uma fonte de inspiração para poetas, escritores e artistas.

Abandonado durante cerca de quinze anos, em 1983 foi declarado como património cultural. As suas portas foram reabertas em 1994.

Muitos grandes nomes da cena cultural portuguesa frequentaram o Café Majestic, como Teixeira de Pascoaes (poeta e escritor) ou Manoel de Oliveira, o primeiro realizador centenário em atividade na história do cinema!

Mais recentemente, uma parte dos primeiros livros de Harry Potter foram escritos neste café. Uma verdadeira fonte de inspiração para escritores de todo o mundo.

Se gosta de bebidas quentes, arte e história, o Café Majestic é o lugar certo. Devido ao seu prestígio e afluência, os preços são muito mais elevados do que nos outros cafés do Porto.

Informação útil: O Café Majestic está localizado no 112 Rua de Santa Catarina e está aberto das 9h30 às 23h30 diariamente, exceto ao domingo!

Galerias Palladium

Conhece o famoso arquiteto Marques da Silva, o mesmo que desenhou a estação de comboio de São Bento? Ele também deixou a sua marca no Porto com o Galerias Palladium, inaugurado em 1914.

O edifício possui um relógio com a particularidade de tocar a cada hora e de fazer desfilar pequenas estatuetas de madeira durante alguns minutos. Uma obra-prima invulgar!

Este edifício alberga hoje em dia várias lojas, como a FNAC e a C&A. A vantagem do Galerias Palladium? Atrairá tanto os que gostam de fazer compras como os entusiastas da arquitetura! Está situado no número 73 da Rua de Santa Catarina.

A fachada da antiga Ourivesaria Reis & Filhos

No início da Rua de Santa Catarina, no cruzamento com a Rua de 31 de Janeiro, olhe para cima e admire a fachada da antiga ourivesaria Reis & Filhos. As paredes negras emoldurando duas grandes janelas não o deixarão indiferente!

Igreja de Santo Ildefonso

Na Praça da Batalha, no fim da Rua de Santa Catarina, encontra-se a igreja de Santo Ildefonso.

Localizada no topo de uma colina, é composta por duas torres simétricas emoldurando um pórtico. Os azulejos que cobrem a fachada retratam a vida do santo.

E se passeasse simplesmente pela Rua Santa Catarina?

Para além dos seus lugares emblemáticos, a Rua Santa Catarina é acima de tudo um tesouro arquitetónico! Ao passear, descobrirá uma esplêndida rua do Porto.

Entre edifícios arquitetónicos de grande beleza, esplêndidos monumentos e vendedores ambulantes, a Rua Santa Catarina é sem dúvida um cartão de visita do Porto.

Informação: Sabia que a Zara abriu a sua primeira loja fora de Espanha (1988) na Rua Santa Catarina do Porto?

Como chegar facilmente à Rua Santa Catarina?

Como a Rua Santa Catarina é em parte uma rua pedonal, ir até lá de carro não é realmente uma boa ideia. Embora seja possível estacionar perto, os transportes públicos são uma alternativa mais económica e prática.

A maneira mais fácil de chegar à Rua de Santa Catarina é sair na estação do metro do PortoBolhão“. Uma das saídas está situada em frente à Capela das Almas.

Pode também descer na estação de São Bento (comboio e metro), localizada a 500 metros da parte pedonal da Rua de Santa Catarina.

Se mesmo assim quiser ir de carro, deixo-lhe aqui os parques de estacionamento mais próximos:

  • Parque de estacionamento do centro comercial La Vie, aberto de segunda a domingo das 6h às 23h (22h aos fins de semana e feriados)
  • Parque de estacionamento do centro comercial, Via Catarina Shopping, aberto diariamente das 8h à uma da manhã.
Clique no mapa para aceder ao Google Maps

Vai visitar o Porto? Então não hesite em reservar o seu hotel , o seu carro ou as melhores atividades passando pelos links aqui em baixo. Vai-me permitir continuar a fornecer-lhe gratuitamente dicas e guias para visitar Portugal. Obrigado!

Também lhe vai interessar: