Visitar a Costa da Caparica, um paraíso nos arredores de Lisboa!

visitar a Costa da Caparica

Localizado a cerca de 20 km do centro histórico de Lisboa, este é um local que não pode perder! Vá visitar a Costa da Caparica e descubra todas as maravilhas naturais e a autenticidade das pessoas desta pequena cidade na margem sul do rio Tejo, nos arredores da capital portuguesa.

Conhecida em Portugal devido às suas praias, esta cidade esconde um tesouro natural que me fascinou por completo – a Paisagem Protegida da Arriba Fóssil da Costa da Caparica.

Se, como eu, adorar praias com areais a perder de vista, dar caminhadas por entre paisagens fantásticas, admirar os pescadores e descobrir os seus bairros autênticos, então visitar a Costa da Caparica é algo obrigatório e que não pode deixar de fazer!

O que ver quando visitar a Costa da Caparica

Quando chegar a esta cidade, vá até ao Bairro dos Pescadores, mais precisamente no fim da Rua Parque de Campismo de Almada, para descobrir as magníficas praias que se estendem por 15 km de costa.

Embora possa percorrer os areais de areia fina ao longo de 15 km, convido-o a fazer duas pequenas caminhadas para descobrir as casas fotogénicas que ficam na praia, admirar as bonitas falésias com cores brilhantes e desfrutar das vistas dos miradouros.

Quando estiver na Nova Praia (na rua referida anteriormente), poderá ver do seu lado esquerdo uma pequena linha férrea usada pela empresa Transpraia na época alta (de junho a setembro) para transportar os veraneantes entre essa praia e a praia da Fonte da Telha, num trajeto com cerca de 9 km.

visitar a Costa da Caparica
© wikipedia.org Tim Cowlishaw

Inaugurado em 1960, este pequeno comboio permitiu aos visitantes desfrutar das belas praias mais afastadas do centro da cidade, isto numa altura em que o carro ainda não era um meio de transporte muito utilizado.

Hoje em dia, este comboio é muito menos utilizado devido aos vários acessos que foram abertos para as diferentes praias.

Se visitar a Costa da Caparica na época baixa (como eu fiz), caminhe ao longo desta via férrea durante 1 km para admirar a parte de trás das casas dos pescadores, depois faça o caminho de volta pela areia fina das praias para ter uma perspetiva diferente deste sítio.

Se puder, faça este percurso ao nascer ou pôr-do-sol – é sem dúvida, um momento mágico!

visitar a Costa da Caparica

Como foi referido anteriormente, o local que não pode perder nesta região é, sem dúvida, a Paisagem Protegida da Arriba Fóssil da Costa da Caparica, localizada a cerca de 10 km do centro da cidade.

Para descobrir esta beleza natural, convido-o a fazer uma caminhada por um percurso circular de 15 km. Se não estiver habituado a caminhar tantos quilómetros, poderá fazer apenas uma parte deste percurso, com cerca de 5 km (ver mapa em baixo).

Nos dois casos, comece a sua caminhada na aldeia de Fonte da Telha. Para o percurso mais longo, vá em direção ao norte, pelas praias, depois vá pelo caminho da floresta para continuar a sua caminhada por entre as árvores.

Assim que chegar ao caminho que liga à Fonte da Telha, terá a possibilidade de terminar a sua caminhada indo até à aldeia ou de continuar sempre em frente pelo meio da floresta até à praia da Adiça (foi o que eu fiz).

O percurso que acompanha as praias permite-lhe admirar as bonitas falésias enquanto que o que vai pelo meio da floresta dá-lhe acesso a fantásticos miradouros com vista para esta bonita região.

Paisagem Protegida da Arriba Fossil da Costa da Caparica - Fonte da Telha

Depois da sua caminhada, vá almoçar/lanchar/jantar num dos bares-restaurantes da Fonte da Telha. Terá a possibilidade de escolher entre os restaurantes tipicamente portugueses, cozinha vegetariana, preços baratos ou mais caros.

Quando visitei a Fonte da Telha experimentei o bar-restaurante Kailua Fonte da Telha que propõe pratos muito variados (hambúrgueres, saladas, comida vegetariana, carne e peixe) com preços superiores à média em Portugal.

Apesar de ter sido mais caro do que o normal, eu gostei muito desse sítio e do tempo que aí passei. Para além de ter experimentado comida muito saborosa, tive a oportunidade de assistir a um pôr-do-sol maravilhoso!

Acima de tudo, não saia da Fonte da Telha sem admirar os pescadores a trabalhar. Na praia, no centro da aldeia, irá encontrar vários barcos parados. Espere um pouco ou pergunte aos pescadores a que horas é que eles vão para o mar.

visitar a Costa da Caparica - Fonte da Telha

Ao fim da tarde, tive a oportunidade de ver os tratores a levarem os barcos até à água para que os pescadores pudessem trabalhar.

Nesse momento, vi um cão que ladrava junto a um dos barcos e eu não compreendia o porquê de ele estar assim.

Assim que o barco foi para a água, o cão foi para junto dos barcos que ainda estavam na praia. Aí, ficou sentado, triste e imóvel durante vários minutos a ver o barco a navegar pelo mar. No interior do barco encontrava-se o seu dono que foi arriscar a sua vida para “nos” dar de comer.

É possível que esse cão compreendesse os riscos pelos quais o seu dono passava e tinha medo de nunca mais o ver.

visitar a Costa da Caparica - Fonte da Telha

À mesa, quando comemos peixe, não temos noção dos riscos que correm as pessoas que nos trazem este alimento e o que fazem para sobreviver…

Infelizmente, não passa um ano em Portugal sem que sejamos informados da morte de pescadores que partem para o mar em pequenas embarcações.

Tenho uma grande admiração por estas pessoas autênticas, com um coração generoso e que vivem de forma muito simples. Ao pensar nisso, estas pessoas sensibilizam-me pois fazem-me lembrar a minha família que trabalhou durante muito tempo na agricultura.

O que ver mais quando visitar a Costa da Caparica

Convento e Miradouro dos Capuchos

Construído no século XVI, num estilo simples, o Convento dos Capuchos pertenceu à Ordem de São Francisco. Os frades franciscanos habitaram este sítio até 13 de janeiro de 1759, data em que eles foram assassinados após terem sido acusados de conspirarem para assassinar o rei D. José I de Portugal.

Desde 1950, este convento pertence à cidade de Almada e hoje é usado para exposições e espetáculos culturais.

Depois de ter admirado o interior do convento e os seus jardins, caminhe uns 350 metros (ou vá de carro) para descobrir o miradouro dos Capuchos.

© wikipedia.org

Situado num ponto superior da Costa da Caparica (a 3 km do centro da cidade), terá a oportunidade de admirar toda a cidade, o Oceano Atlântico e vislumbrar Lisboa, a Serra da Arrábida e o Cabo Espichel.

Antes de deixar a Costa da Caparica, faça como os seus habitantes e vá caminhar ou correr junto ao mar, no passeio com mais de 2 km, reservado a peões e ciclistas. Não hesite em parar num dos vários bares/restaurantes para descansar e apreciar uma vista única para o mar.

O que ver perto da Costa da Caparica

Cristo Rei

cristo rei - ponte 25 de abril

Localizado no concelho de Almada, a 9 km da Costa da Caparica e de frente para Lisboa, o Cristo Rei é um santuário e um monumento religioso que representa o Sagrado-Coração de Jesus. Inspirado no Cristo Redentor do Rio de Janeiro, esta magnífica construção com uma altura de 110 metros foi inaugurada em 1959.

Depois de subir os 75 metros do pórtico deste monumento, poderá admirar os belos monumentos de Lisboa e, dependendo do tempo, os parques naturais de Sintra-Cascais e da Arrábida.

É o local ideal para admirar e tirar fotos da famosa Ponte 25 de Abril e um dos melhores sítios para ver toda a cidade de Lisboa.

Almada

Aproveite que está na cidade de Almada e vá descobrir a Fragata D. Fernando II e Glória, o último navio exclusivamente à vela da marinha portuguesa. Lançado às águas em 1843, esta embarcação foi construída em Damão, na Índia, território português entre 1559 a 1961.

Este navio encontra-se hoje em Cacilhas, um bairro de Almada, de frente para Lisboa.

© wikipedia.org Mark Ahsmann

Ao visitar a fragata D. Fernando II e Glória, irá descobrir um barco considerado como o oitavo mais antigo navio de guerra à vela do mundo. Durante os seus 33 anos de serviço, navegou mais de 100 000 milhas marítimas (185 000 km), o equivalente a 5 voltas ao mundo.

Informação: para saber os horários em que pode visitar este navio, clique aqui.

Mesmo ao lado do navio, também irá encontrar o submarino Barracuda que serviu o país durante mais de 52 000 horas de navegação em 40 anos.

À sua esquerda encontra-se o miradouro do Farol onde poderá desfrutar da vista sobre o rio Tejo, Lisboa e a Ponte 25 de Abril.

A seguir, vá pela Rua do Ginjal que se estende ao longo do rio Tejo por 1 km e onde encontrará 2 restaurantes (Ponto FinalAtira-te ao Rio) muito apreciados pela sua cozinha e pela fantástica vista sobre Lisboa.

Depois dos restaurantes, irá encontrar o Elevador Panorâmico da Boca do Vento que eu recomendo que apanhe para continuar a sua visita pela cidade de Almada.

© wikipedia.org

Ao lado do elevador irá encontrar a Casa da Cerca, uma típica casa senhorial dos séculos XVII e XVIII que foi convertida num centro de arte contemporânea em 1993. Um sítio a não perder para aqueles que gostam deste tipo de arte e de bonitos jardins botânicos.

Informação: para saber os horários em que pode visitar este sítio, clique aqui.

Continue a sua visita no Jardim do Castelo onde se encontra o restaurante Amarra Ó Tejo de onde terá uma fantástica vista sobre Lisboa, a Ponte 25 de Abril, o elevador panorâmico e o Cristo Rei.

Regresse ao bairro de Cacilhas, passando pela Rua Cândido dos Reis, rua onde encontrará vários restaurantes e a Igreja de Nossa Senhora do Bom Sucesso.

Onde dormir quando visitar a Costa da Caparica e Almada

Sea, Surf & The City 9,3/10 (link afiliado)

Quando fui visitar a Costa da Caparica, passei uma semana neste bonito apartamento situado no Bairro dos Pescadores.

À sua disposição terá todas as comodidades necessárias para uma estadia em beleza: Wi-Fi, cozinha equipada, máquina de lavar a roupa, estacionamento gratuito. É, sem dúvida alguma, um alojamento ideal para um casal que deseja passar uns dias maravilhosos nesta região.

INATEL Caparica 8,2/10 (link afiliado)
Localizado na parte oeste da cidade, numa zona arborizada, este hotel dispõe de quartos com decoração moderna, com escritório, minibar e um quarto de banho espaçoso. O INATEL Caparica também dispõe de uma piscina exterior, de um bar-restaurante e de estacionamento privado gratuito.

Tryp Lisboa Caparica Mar**** 8,1/10 (link afiliado)

Localizado em pleno coração da cidade, de frente para a praia, este hotel tem quartos com varanda privada com vistas para o monte ou para o Oceano Atlântico (ideal para se admirar o pôr-do-sol). Também terá à sua disposição uma piscina e 2 restaurantes que oferecem buffets ou menus à la carte.

Onde comer quando visitar a Costa da Caparica

Kailua Fonte da Telha (Fonte da Telha)

O Mercado

A Merendeira

Ohhh TC

Onde comer quando visitar Almada

Atira-te ao Rio

Restaurante Farol

Ponto Final

Almada Forum: um dos maiores centros comerciais de Portugal, onde também poderá ter as suas refeições e comer a preços muito apelativos.

Como chegar / visitar a Costa da Caparica e Almada

De carro: se desejar ter mais alguma liberdade e visitar todos os sítios que mencionei neste artigo, então aconselho-o a visitar a Costa da Caparica de carro.

Irá encontrar um grande parque de estacionamento a pagar situado na Rua Pedro Álvares Cabral (clique aqui para ver os preços).

Na cidade de Almada, aconselho-o a estacionar no bairro de Cacilhas, no parque de estacionamento situado junto à Fragata D. Fernando II e Glória. Clique aqui para ver os preços.

Transportes públicos: se desejar visitar a Costa da Caparica e Almada a partir de Lisboa, então apanhe o ferry com direção a Cacilhas, que se situa no Cais do Sodré. Para chegar ao Cais do Sodré, poderá apanhar o metro, o elétrico, o autocarro ou o comboio.
© wikipedia.org

Ao sair do ferry, irá encontrar o metro de Almada e autocarros que o levarão à maior parte dos sítios mencionados neste artigo.

Para visitar a Costa da Caparica saindo de Cacilhas, apanhe o autocarro 135 (clique aqui para ver os horários e preços).

Para ir de Cacilhas à Fonte da Telha, apanhe o autocarro 127 (clique aqui para ver os horários e preços).

Para ir da Costa da Caparica à Fonte da Telha, apanhe o autocarro 130 (clique aqui para ver os horários e preços).

Para ir de Cacilhas ao Cristo Rei, apanhe o autocarro 101 (clique aqui para ver os horários e preços).

Para ver o mapa de Almada, da Costa da Caparica e da Fonte da Telha com todas as linhas de autocarro, clique aqui.

Quando visitar a Costa da Caparica

Se quiser apreciar as maravilhas desta região calmamente, então convido-o a visitar a Costa da Caparica na época baixa, tal como eu fiz. Esta região é um destino muito popular no verão, sobretudo entre as pessoas que moram aqui e em Lisboa, o que torna difícil o acesso às suas praias, restaurantes e parques de estacionamento.

Vai visitar a Costa da Caparica? Então não hesite em reservar o seu hotel ou o seu carro passando pelos links aqui em baixo. Vai-me permitir continuar a oferecer-lhe gratuitamente dicas e guias para visitar Portugal. Obrigado!

Reserve aqui o seu Hotel  Reserve aqui o seu carro

Também lhe vai interessar:

Sobre Tiago

Tiago 30 anos de idade, parisiense durante 18 anos, decidi partir para a aventura e realizar o meu sonho : conhecer o nosso país de uma ponta à outra. Acho que se não conhecemos as nossas origens não nos podemos conhecer realmente. Leia mais aqui