Situada no Centro de Portugal e a 23 km da “Veneza portuguesa”, Aveiro, a cidade de Águeda passou a ser conhecida mundialmente a partir de 2012 pelos seus guarda-chuvas coloridos suspensos.

Apesar de a maior parte das pessoas visitarem esta cidade para admirar os guarda-chuvas suspensos (foi o meu caso), Águeda e a área envolvente escondem outros tesouros que não pode perder. Um dos sítios que irá descobrir neste artigo tornou-se um dos meus preferidos em Portugal!

Artigos que também lhe podem interessar:

O que ver e visitar em Águeda

Umbrella Sky Project

Presente em Águeda do dia 1 de julho até 30 de setembro, desde 2012, o Umbrella Sky Project é um projeto criado pela agência Sexta Feira que tem como objetivo colorir e trazer a alegria até à cidade.

Para além dos bonitos guarda-chuvas suspensos nas ruas do centro histórico (na Rua Luís de Camões, tal como nas ruas adjacentes), os bancos, os postes e as fachadas estão cobertos por belas obras de arte urbana.

Este projeto foi de tal forma um sucesso que a agência Sexta Feira o reproduziu um pouco por todo o mundo.

Se visitar Águeda no inverno, saiba que no mês de dezembro a cidade se ilumina com as cores do Natal com os seus guarda-chuvas suspensos!

AgitÁgueda

Para além do projeto Umbrella Sky Project, a cidade acolhe todos os anos, entre o primeiro sábado e o último domingo de julho, o Festival AgitÁgueda. Poderá assistir gratuitamente a concertos das maiores estrelas musicais portuguesas às sextas, sábados e domingos, comer num dos vários restaurantes de rua (as tascas), admirar artistas de rua e explorar as novas obras de arte urbana.

Para mais informações, convido-o a visitar a página oficial do AgitÁgueda.

Arte Urbana

Como já mencionei em cima, todos os anos, durante o Festival AgitÁgueda, são apresentadas novas obras de arte urbana (street art) e algumas são substituídas. Se visitar a cidade de Águeda durante os meses de julho, agosto e setembro, poderá mesmo assim admirar uma grande parte destas belas obras de arte urbana.

Águeda

Antes de visitar Águeda, convido-o a fazer aqui o download do mapa da cidade com o itinerário de arte urbana (descer até ao final dessa página).

Pateira de Fermentelos

A Pateira de Fermentelos começou a formar-se no século XV após várias inundações dos rios Certoma e Águeda que se espalharam pelos campos vizinhos.

É, atualmente, a maior lagoa natural da Península Ibérica com cerca de 5 km2.

Antes de visitar este sítio, pesquisei um pouco e vi algumas fotos na internet. À primeira vista, é um local bonito mas não parecia ter nada de excecional.

Contudo, assim que cheguei a este sítio e após alguns minutos a explorar a Pateira de Fermentelos, fiquei boquiaberto perante a beleza natural desta lagoa!

Uma grande parte da lagoa desapareceu debaixo dum enorme tapete de flores violetas que fazem deste local um sítio único, de cortar a respiração.

Não me lembro de ver outro local tão romântico quanto este. Tornou-se um dos meus sítios preferidos em Portugal!

Não hesite em passear por esta lagoa até aos bonitos coretos para contemplar esta maravilha.

A Pateira de Fermentelos tem vários acessos mas aquele que eu sugiro que tome é o acesso pela localidade de Espinhel (localização no Google Maps) – foi aqui que eu tirei algumas fotografias fantásticas.

No local irá encontrar parques de merendas e um grande espaço para passar um agradável momento a dois, em família ou com amigos.

Informação importante: as fotos acima foram tiradas por mim em dezembro por isso não posso garantir que as belas flores violetas ainda estejam lá quando visitar a lagoa.

Na altura em que escrevi este artigo, um passadiço em madeira estava a ser construído entre a Pateira de Requeixo e a Pateira do Carregal (dois outros acessos à lagoa) que o permitirá “caminhar sobre a água” como acontece na Ria de Aveiro.

Museu Nacional Ferroviário – Núcleo de Macinhata do Vouga

Águeda

Criado em 1981, na pequena estação de Macinhata do Vouga, o núcleo museológico do Museu Nacional Ferroviário tem como objetivo mostrar aos seus visitantes a história da antiga linha ferroviária que ligava Aveiro a Viseu, conhecida como a linha do Vouga.

Neste museu, irá descobrir as locomotivas e as carruagens que serviam para o transporte de passageiros e mercadorias e várias peças/objetos utilizados nas estações e na manutenção das vias.

Informação: quando visitei este sítio, o bilhete custou 2 €.

No caminho para Macinhata do Vouga, faça uma paragem junto à estrada N1, em Lamas do Vouga, para admirar a ponte medieval do Rio Marnel, ponte por onde passa o caminho de Santiago de Compostela (localização exata no mapa no fim do artigo).

Se gostou da sua visita ao Núcleo Museológico de Macinhata do Vouga então tenho a certeza que irá adorar fazer uma viagem num comboio histórico, na linha do Vouga.

O comboio histórico circula todos os sábados e em alguns domingos de junho a outubro entre a estação de Aveiro e a de Macinhata do Vouga (ver datas aqui). A bordo do comboio histórico terá a possibilidade de provar doces regionais, apreciar bonitas paisagens e ouvir música tradicional desta região.

A partida da estação de Aveiro é às 13h40 e a chegada a Macinhata do Vouga está prevista para as 15h (confirmar os horários aqui).

Para além do passeio de comboio, terá a oportunidade de visitar o museu e depois partir para a cidade de Águeda onde terá tempo para descobrir o centro histórico. O regresso para Aveiro está previsto para as 19h.

Na altura em que visitei esta cidade, os bilhetes custavam cerca de 30 € por pessoa ou 54 € se também desejasse fazer a viagem no comboio histórico do Douro. Aconselho-o a comprar os bilhetes o quanto antes numa das bilheteiras das estações de comboio portuguesas.

Como deve ter reparado ao longo do artigo, Águeda não é apenas um sítio a visitar por causa dos seus bonitos guarda-chuvas suspensos. Para ser sincero, antes de visitar esta cidade, não estava a contar apaixonar-me pelo seu charme mas a verdade é que Águeda e os seus arredores me conquistaram!

Quando visitar o Centro de Portugal, não hesite em fazer uma paragem em Águeda, quer seja de carro ou de comboio, partindo de Aveiro.

Clique no mapa para aceder ao Google Maps

Vai visitar Águeda? Então não hesite em reservar o seu hotel, o seu carro ou as melhores atividades passando pelos links aqui em baixo. Vai-me permitir continuar a oferecer-lhe gratuitamente dicas e guias para visitar Portugal. Obrigado!

Também lhe vai interessar: