Roteiro de 2 dias no Parque Natural do Douro Internacional

Depois de dois dias fabulosos em pleno Parque Natural de Montesinho, fui visitar o Parque Natural do Douro Internacional entre Portugal e Espanha.

Não tinha planeado visitar esta parte do Norte de Portugal, mas o Paulo já havia visitado o parque na sua infância e queria-me dar a conhecer as maravilhas naturais do Parque Natural do Douro Internacional.

2 dias no Parque Natural do Douro Internacional

Dia 1: Miranda do Douro

Após 1h30 de viagem, chegámos por volta das 10h a Miranda do Douro, uma cidade onde se fala mirandês, a segunda língua oficial em Portugal. Esta língua é falada por 15 000 pessoas em três concelhos: Miranda do Douro, Mogadouro e Vimioso.

Ao ver os nomes das ruas, depressa me apercebi que não estavam escritos em português, mas em mirandês. Para ser honesto, num primeiro momento pensei que tínhamos atravessado a fronteira em direção a Espanha mas, depois de alguns minutos, lembrei-me de ter visto na televisão uma reportagem sobre a língua mirandesa.

Depois de termos visitado a cidade, fomos até ao Centro Ambiental Luso-Espanhol onde aproveitámos a beleza do sítio para fazer um piquenique. Depois do almoço, fizemos um cruzeiro de uma hora no Douro Internacional.

Durante uma hora, pude apreciar a beleza do Douro: as arribas com mais de 200 metros de altura, a flora e a fauna, em que se destacam aves como a águia-real, o abutre egípcio e o grifo.

Quando terminou o cruzeiro, fiquei um pouco dececionado pois estava à espera de ver uma das aves mencionadas anteriormente mas, segundo o feedback que tive, é muito raro isso acontecer. É por isso que, no final do passeio, há também direito a um pequeno espetáculo com os animais que vivem de tempos a tempos no Douro.

Pela primeira vez na minha viagem pelo Norte de Portugal, não tinha reservado com antecedência o sítio onde iria passar a noite. Depois de algumas pesquisas na internet (graças ao Wi-Fi gratuito da cidade) escolhemos a Casa das Arribas (link afiliado), uma antiga escola primária transformada em dois apartamentos.

Dia 2: Bemposta, Vila Nova de Foz Côa e São João da Pesqueira

Comecei o dia com um pequeno-almoço no terraço e com uma vista deslumbrante sobre o rio Douro. De todos os pequenos-almoços durante a minha visita ao Norte de Portugal, foi este o que mais me marcou. Foi tão marcante que permaneci no local mais de uma hora a desfrutar deste momento único!

Depois fui em direção a Vila Nova de Foz Côa onde pude admirar o miradouro da Capela de São Gabriel. De todos os miradouros que vi no Norte de Portugal, este é o meu favorito. Nunca tinha visto um lugar como este – senti-me como um pássaro que estava a voar no seu habitat natural.

Recomendo a todos os amantes da natureza a virem a este lugar, tenho a certeza que não se vão arrepender!

Com muito caminho a percorrer até chegar a Braga, o destino final do dia, fui em direção a São João da Pesqueira para admirar as vinhas de vinho do Porto.

No Miradouro de São Salvador do Monte, onde ocorre no dia do Corpo de Deus uma romaria até à capela de São Salvador, aproveitei para tirar algumas fotos das vinhas e do rio Douro.

Por volta das 21h fui em direção a Braga, que me recebeu por volta das 23h. Comecei a procurar um lugar para comer, mas àquela hora tardia foi difícil encontrar um restaurante aberto. A única opção que tive foi ir comer ao McDonald’s!

O pior é que nos tornámos a atração turística do McDonald’s – estávamos preparados para encontrar temperaturas a rondar os 30 °C mas, às 23h em Braga, estavam 12 °C. Toda a gente olhava de soslaio para nós e deviam pensar: estas pessoas devem ser malucas, de calções e t-shirts a estas horas!

Quando visitar Portugal, faça um desvio pelo nordeste e pelo Parque Natural do Douro Internacional, vale bem a pena. Descobrir Portugal não é só visitar o Porto, Lisboa e o Algarve!

Vai visitar o Parque Natural do Douro Internacional? Não hesite em reservar o seu hotel ou o seu carro passando pelos links aqui em baixo. Vai-me permitir continuar a oferecer-lhe gratuitamente dicas e guias para visitar Portugal. Obrigado!

Reserve aqui o seu Hotel  Reserve aqui o seu carro

Também lhe vai interessar:

  • douro internacional
  • visitar o douro
  • parque natural douro internacional
  • douro o que visitar
  • douro internaciona

Sobre Tiago

Tiago 30 anos de idade, parisiense desde os 12 anos, decidi partir para a aventura e realizar o meu sonho : conhecer o nosso país de uma ponta à outra. Acho que se não conhecemos as nossas origens não nos podemos conhecer realmente. Leia mais aqui