Depois de dois dias fabulosos em pleno Parque Natural de Montesinho, fui visitar o Parque Natural do Douro Internacional entre Portugal e Espanha.

Não tinha planeado visitar esta parte do Norte de Portugal, mas o Paulo já havia visitado o parque na sua infância e queria-me dar a conhecer as maravilhas naturais do Parque Natural do Douro Internacional.

2 dias no Parque Natural do Douro Internacional

Dia 1: Miranda do Douro

Após 1h30 de viagem, chegámos por volta das 10h a Miranda do Douro, uma cidade onde se fala mirandês, a segunda língua oficial em Portugal. Esta língua é falada por 15 000 pessoas em três concelhos: Miranda do Douro, Mogadouro e Vimioso.

Ao ver os nomes das ruas, depressa me apercebi que não estavam escritos em português, mas em mirandês. Para ser honesto, num primeiro momento pensei que tínhamos atravessado a fronteira em direção a Espanha mas, depois de alguns minutos, lembrei-me de ter visto na televisão uma reportagem sobre a língua mirandesa.

Depois de termos visitado a cidade, fomos até ao Centro Ambiental Luso-Espanhol onde aproveitámos a beleza do sítio para fazer um piquenique. Depois do almoço, fizemos um cruzeiro de uma hora no Douro Internacional.

Durante uma hora, pude apreciar a beleza do Douro: as arribas com mais de 200 metros de altura, a flora e a fauna, em que se destacam aves como a águia-real, o abutre egípcio e o grifo.

Quando terminou o cruzeiro, fiquei um pouco dececionado pois estava à espera de ver uma das aves mencionadas anteriormente mas, segundo o feedback que tive, é muito raro isso acontecer. É por isso que, no final do passeio, há também direito a um pequeno espetáculo com os animais que vivem de tempos a tempos no Douro.

Pela primeira vez na minha viagem pelo Norte de Portugal, não tinha reservado com antecedência o sítio onde iria passar a noite. Depois de algumas pesquisas na internet (graças ao Wi-Fi gratuito da cidade) escolhemos a Casa das Arribas (link afiliado), uma antiga escola primária transformada em dois apartamentos.

Dia 2: Bemposta, Vila Nova de Foz Côa e São João da Pesqueira

Comecei o dia com um pequeno-almoço no terraço e com uma vista deslumbrante sobre o rio Douro. De todos os pequenos-almoços durante a minha visita ao Norte de Portugal, foi este o que mais me marcou. Foi tão marcante que permaneci no local mais de uma hora a desfrutar deste momento único!

Depois fui em direção a Vila Nova de Foz Côa onde pude admirar o miradouro da Capela de São Gabriel. De todos os miradouros que vi no Norte de Portugal, este é o meu favorito. Nunca tinha visto um lugar como este – senti-me como um pássaro que estava a voar no seu habitat natural.

Recomendo a todos os amantes da natureza a virem a este lugar, tenho a certeza que não se vão arrepender!

Com muito caminho a percorrer até chegar a Braga, o destino final do dia, fui em direção a São João da Pesqueira para admirar as vinhas de vinho do Porto.

No Miradouro de São Salvador do Mundo, onde ocorre no dia do Corpo de Deus uma romaria até à capela de São Salvador, aproveitei para tirar algumas fotos das vinhas e do rio Douro.

Por volta das 21h fui em direção a Braga, que me recebeu por volta das 23h. Comecei a procurar um lugar para comer, mas àquela hora tardia foi difícil encontrar um restaurante aberto. A única opção que tive foi ir comer ao McDonald’s!

O pior é que nos tornámos a atração turística do McDonald’s – estávamos preparados para encontrar temperaturas a rondar os 30 °C mas, às 23h em Braga, estavam 12 °C. Toda a gente olhava de soslaio para nós e deviam pensar: estas pessoas devem ser malucas, de calções e t-shirts a estas horas!

Quando visitar Portugal, faça um desvio pelo nordeste e pelo Parque Natural do Douro Internacional, vale bem a pena. Descobrir Portugal não é só visitar o Porto, Lisboa e o Algarve!

Atividades no Douro Vinhateiro

Para além de poder fazer um cruzeiro no Douro, saiba que pode descobrir esta maravilhosa região de outras formas: de carro, de comboio ou fazendo uma visita guiada.

Deixo-lhe aqui abaixo algumas sugestões para conhecer o Vale do Douro.

Quer explorar esta região, Património da Humanidade desde 2001, na companhia de um guia experiente que lhe mostrará os recantos mais lindos? Então, não hesite e reserve esta atividade (link afiliado) com uma duração estimada de 10 horas.

Uma carrinha confortável irá buscá-lo ao seu hotel no Porto ou Vila Nova de Gaia e levá-lo-á numa aventura pelas magníficas estradas que acompanham o rio Douro. Terá a oportunidade de maravilhar-se com as mais bonitas vistas sobre o rio bem como os socalcos onde crescem as vinhas que darão origem ao famoso vinho do Porto (entre outros).

Para além do fantástico almoço recheado de produtos regionaiseste passeio (link afiliado) pelo Douro Vinhateiro terá paragem em três quintas vinícolas. Aqui, poderá saborear o vinho do Porto, mas também um vinho que tem tido cada vez mais reconhecimento a nível mundial, o DOC Douro. Saiba que, antes de terminar esta experiência, ainda terá tempo para uma paragem na bonita localidade do Pinhão para tirar umas fotos e contemplar a paisagem.

Como alternativa, clique aqui (link afiliado) e faça a atividade anterior, mas, em vez de visitar três, visite duas quintas vinícolas e faça um cruzeiro pelo Douro. Sem dúvida, uma forma diferente de se conhecer esta região e admirar a paisagem a partir de uma outra perspetiva.

Outra possibilidade a considerar é esta experiência com uma duração de 9 horas (link afiliado). Comece por uma paragem na cidade de Amarante onde pode admirar a bonita ponte de São Gonçalo bem como a Igreja e Convento de São Gonçalo. Depois, seguirá em direção à primeira quinta vinícola deste passeio onde terá a oportunidade de saborear vinhos de mesa e vinhos do Porto premiados internacionalmente e saídos diretamente das pipas.

Após o almoço, fará uma paragem no Pinhão onde embarcará no típico barco rabelo que o levará num inesquecível passeio pelas águas do rio Douro de forma a admirar os socalcos que recortam as encostas do vale. Para terminar esta experiência (link afiliado), visitará outra quinta vinícola onde aprenderá mais acerca das técnicas e história da produção do vinho no Vale do Douro. Dada a localização desta quinta, aproveite igualmente para desfrutar das fantásticas vistas!

Outra opção para passar um dia em grande no Alto Douro Vinhateiro, esta visita guiada (link afiliado) levá-lo-á a conhecer esta bonita região através de magníficos miradouros que oferecem vistas deslumbrantes. Terá também a oportunidade de ficar a conhecer mais da história do vinho do Porto e de outros vinhos do Douro durante a visita que fará a duas quintas.

Para além de saborear o magnífico vinho, saiba que durante este passeio (link afiliado) terá a oportunidade de conhecer um dos mais belos troços de estrada do mundo, situado entre as localidades de Peso da Régua e o Pinhão. Nesta última fará uma paragem para admirar a bonita estação do Pinhão onde se encontram painéis de azulejos retratando paisagens do Douro bem como outros aspetos.

Está a passar férias em Braga ou em Guimarães? Então escolha esta opção (link afiliado) para ter uma carrinha confortável que o vá buscar e que o levará numa viagem única até a uma das regiões mais bonitas de Portugal. Durante esta visita guiada, irá conhecer duas bonitas quintas vinícolas onde, naturalmente, terá a possibilidade de saborear os vinhos reconhecidos internacionalmente.

Para além disso, saiba que ainda está incluído nesta aventura (link afiliado) um passeio pelas águas do rio Douro num barco rabelo e um almoço num restaurante que serve pratos regionais. Tudo isto, numa atmosfera única, ideal para quem gosta da natureza.

Vai visitar o Parque Natural do Douro Internacional? Não hesite em reservar o seu hotel, o seu carro ou as melhores atividades passando pelos links aqui em baixo. Vai-me permitir continuar a oferecer-lhe gratuitamente dicas e guias para visitar Portugal. Obrigado!

Também lhe vai interessar:

  • douro internacional
  • Parque Natural do Douro Internacional
  • o que visitar em miranda do douro
  • visita douro internacional
  • onde se hospedar para conhecer o douro internacional