Viaje por cinco séculos de história até à ilha Terceira, uma das ilhas mais importantes nos Açores, juntamente com São Miguel. Conheça a herança deixada em Angra do Heroísmo pelos diferentes períodos e estilos, um testemunho das experiências de uma cidade portuária cosmopolita que abriu as portas ao mundo.

Aberta para o mar, Angra do Heroísmo era uma paragem obrigatória durante a Era dos Descobrimentos, um oásis para os navegadores no meio do Oceano Atlântico, um porto que os protegia de piratas e corsários que cobiçavam as suas riquezas e diversidade. Aqui as pessoas negociavam em especiarias, metais preciosos das Américas, marfim, tecidos finos, madeira e imagens religiosas.

Devastada por um terramoto no dia 1 de janeiro de 1980, Angra soube reconstruir-se sem apagar o caráter típico das suas ruas, monumentos e casas. Caminhar pelas ruas e procurar os marcos históricos e arquitetónicos, que levaram a cidade a ser classificada pela UNESCO como Património da Humanidade em 1983, é uma daquelas coisas que não pode deixar de fazer!

A sua centralidade, o seu solo rico, a sua baía segura e a sua monumentalidade transformaram Angra do Heroísmo numa cidade cuja importância histórica é reconhecida em todo o mundo.

Esta é uma cidade encantadora, não só pela sua história e cultura, mas também pela sua arquitetura, natureza e povo. Ao longo das ruas estreitas cobertas de paralelepípedos, as padarias abrem o apetite com os doces tradicionais e a baía convida-o a passear pelas ruas ou mergulhar nas águas cristalinas do Oceano Atlântico, aproveitando uma pequena praia.

Quer conhecer Angra do Heroísmo, mas não sabe por onde começar? Descubra neste artigo os sítios mais bonitos de Angra do Heroísmo, o melhor roteiro, as melhores atividades para fazer, onde dormir, onde comer e as tradições e festividades.

Top 20 dos sítios a visitar em Angra do Heroísmo

1. Forte de São Sebastião

Um lugar obrigatório para quem está de visita a Angra do Heroísmo, o Forte de São Sebastião, cujas muralhas foram construídas no século XVI para defender a ilha Terceira, foi a primeira fortaleza marítima na cidade.

Embora ainda possa ser visitado, hoje o forte é na verdade um hotel que faz parte da rede de Pousadas de Portugal (link afiliado), um sítio magnífico e único onde poderá passar a noite quando visitar a cidade.

2. Marina d’Angra

Angra do Heroísmo tem um porto, que funciona mais como uma marina do que como um porto de pesca. Anteriormente o Porto de Angra era o Porto das Pipas, onde fica o Forte de São Sebastião.

Nesta nova marina, construída em 2004, irá encontrar sobretudo alguns veleiros e a maioria dos barcos dedicados a excursões, seja para fazer snorkelling ou em atividades de observação de cetáceos.

A partir desta marina você pode ir conhecer as restantes ilhas dos Açores, ou pelo menos algumas delas. E mesmo que não procure nenhuma excursão, passear por esta zona é uma bela caminhada que o levará, por exemplo, da Igreja da Misericórdia ao Forte de São Sebastião.

3. Monumento a Vasco da Gama

Angra do Heroísmo

Em 1499, quando a frota de Vasco da Gama voltava a Lisboa, da primeira viagem à Índia, tomou um curso mais amplo para pegar ventos favoráveis. O irmão de Vasco da Gama, Paulo da Gama, estava doente, por isso a frota rumou aos Açores e desembarcou na ilha Terceira.

Paulo da Gama não sobreviveu à doença e foi enterrado, segundo Damião de Góis, “numa cova rasa, sobre a qual foi colocada uma pedra de mármore com o seu nome; esta tumba fica no pórtico da sacristia da capela de Nossa Senhora da Guia” (onde hoje se encontra o Museu de Angra do Heroísmo). Segundo outros autores, Vasco da Gama ficou profundamente perturbado com a morte do irmão e permaneceu na Terceira durante algumas semanas.

Para celebrar a passagem do navegador português pela ilha, foi erigida uma bonita estátua no Pátio da Alfândega, perto da marina.

4. Igreja da Misericórdia

Angra do Heroísmo

No coração de Angra do Heroísmo, encontrará a Igreja da Misericórdia, um edifício que surpreende até mesmo aqueles que não são religiosos por causa da beleza da sua fachada.

Construída no início do século XVIII, onde o hospital costumava estar, tem um interior com apenas uma nave, mas onde pode admirar as seis capelas laterais e a bonita capela-mor.

5. Praça Velha

Angra do Heroísmo

Considerado um dos locais mais conhecidos de Angra do Heroísmo, a Praça Velha é o centro nervoso da cidade. Esta praça demonstra traços do estilo renascentista e, apesar de renovada, foi originalmente construída na Idade Média.

Depois de admirar esta bela praça, pode ainda explorar as ruas em redor, principais artérias de Angra do Heroísmo, como é o caso da Rua da Sé.

6. MAH – Museu de Angra do Heroísmo

Angra do Heroísmo

Situado num antigo convento franciscano do século XVII, aqui poderá encontrar um pouco de tudo, desde carros a cerâmicas, passando por armas, medalhas, moedas, instrumentos de navegação, esculturas, pinturas, móveis, porcelanas, entre outras peças.

Além do museu, o antigo convento também abriga a Igreja de São Francisco, conhecida como a Igreja de Nossa Senhora da Guia, que é um belo exemplo de arquitetura religiosa do século XVII, ostentando magníficos trabalhos em madeira tanto nos retábulos como no altar.

Informação: para apreciar a beleza deste museu, vai precisar de pelo menos 3 horas. Este é, sem dúvida, um dos museus mais bonitos de Portugal!

Site: http://museu-angra.azores.gov.pt/

7. Alto da Memória

Angra do Heroísmo

O monumento Alto da Memória, também conhecido por Outeiro da Memória, foi construído no século XIX em celebração pela passagem do rei D. Pedro IV pela ilha.

É sem dúvida, um dos sítios que merece estar nesta lista de coisas para fazer em Angra do Heroísmo pois é um dos melhores locais para desfrutar das vistas panorâmicas sobre a cidade.

Angra do Heroísmo

8. Jardim Duque da Terceira

Outro dos locais que não pode perder em Angra do Heroísmo é o Jardim do Duque da Terceira, um parque municipal que, sinceramente, surpreende pela sua beleza.

Angra do Heroísmo

A sua construção começou em 1882 como uma homenagem ao Duque da Terceira da época. Existem fontes e flora de todos os tipos num jardim onde os estilos são misturados. Um jardim no qual se sentirá dentro de um filme clássico.

Saiba que pode encontrar neste parque o restaurante-cafetaria Casa do Jardim, um lugar agradável para degustar comida orgânica e apreciar a vista sobre o jardim enquanto descansa.

Informação: depois da visita ao monumento Alto da Memória, desça as escadas situadas em frente para entrar diretamente no jardim.

9. Igreja de Nossa Senhora do Carmo

Angra do Heroísmo

Atualmente propriedade da Ordem Terceira do Carmo, esta igreja, construída em meados do século XVII, é considerada um bom exemplo do espírito dos missionários da Companhia de Jesus, os jesuítas.

A austeridade do lado de fora é típica da época em que foi construída, contrastando com o interior que tem exemplos de talha dourada maneirista e barroca portuguesa, pinturas de mestres portugueses, azulejos portugueses e holandeses, várias figuras pintadas e uma bela liteira com a imagem de Nossa Senhora da Assunção.

10. Palácio dos Capitães-Generais

Designado como Colégio da Ascensão desde 1595, este edifício pertencia à Ordem dos Jesuítas e aqui ministravam-se os cursos de Letras, Filosofia e Teologia.

Em 1766, após a expulsão das ordens religiosas de Portugal, o 1º Capitão General dos Açores, Antão de Almada, começou a converter o edifício em palácio e, durante os séculos seguintes, foi a corte real duas vezes (durante o reinado de D. Pedro IV, em 1832, e de D. Carlos I, em 1901).

Apesar de ser uma das residências oficiais do Presidente do Governo Regional dos Açores, este palácio pode ser visitado e aí poderá admirar bonitas peças do século XVIII e XIX como retratos de óleo sobre tela, porcelanas e mobiliário antigo.

11. Igreja da Sé

A Igreja do Santíssimo Salvador da Sé, atual catedral de Angra do Heroísmo, começou a ser construída em 1570 para sede do bispado da cidade que foi instituído em 1534 pelo Papa Paulo III, uma vez que a igreja que já existia era demasiado modesta.

Considerada a maior construção religiosa de todo o arquipélago dos Açores, aqui terá a oportunidade de admirar uma bela fachada com duas torres sineiras e uma torre central onde se encontra um relógio.

No interior, pode admirar várias capelas e um vasto espólio religioso que se encontra tanto aí como no Museu de Arte Sacra, incluindo painéis da vida de Cristo, algumas esculturas, azulejos e outras peças.

12. Prainha de Angra

Angra do Heroísmo

A ilha Terceira tem uma costa muito íngreme onde não há muitas praias, por isso, se quiser dar um mergulho no mar durante a sua viagem a esta ilha portuguesa, as melhores opções são a Praia da Vitória ou a Praia de Angra do Heroísmo, também conhecida por Prainha de Angra.

Ao contrário das praias que estará habituado a ver, aqui a areia é bastante escura e a cidade está a poucos metros de distância. Situada na Baía de Angra de Heroísmo, esta praia é um sítio perfeito para dar uns mergulhos pois tem a proteção do Monte Brasil de um lado e do molhe da marina do outro lado.

13. Fortaleza de São João Batista

Angra do Heroísmo

Situada na entrada do Monte Brasil, a Fortaleza de São João Batista foi projetada em meados do século XVI e construída durante a ocupação espanhola da ilha Terceira. Ela mostra uma nova perspetiva na defesa costeira, consciente da necessidade de proteger e servir os portos marítimos.

Devido à sua posição estratégica e para além do aquartelamento das tropas espanholas para defesa da ilha, a fortaleza tinha como missão proteger as embarcações que voltavam das colónias em direção à Península Ibérica com as riquezas que daí traziam.

Angra do Heroísmo

Atualmente, a fortaleza abriga o Regimento de Guarnição N° 1 (RG1), a última presença militar a oeste de Portugal e da Europa. É também o aquartelamento mais antigo de Portugal (cinco séculos).

Informação: mesmo sendo um local militar, saiba que poderá visitar a fortaleza de São João Batista todos os dias das 10h às 11h e das 14h às 17h ou 18h (verão).

14. Reserva Natural do Monte Brasil

Angra do Heroísmo

Outro sítio a descobrir durante a sua visita a Angra do Heroísmo é o Monte Brasil, o pulmão verde da cidade. Aqui poderá admirar um cone vulcânico afundado com um extenso arvoredo e uma infinidade de trilhos que o atravessam, uma área de piquenique no topo e magníficas vistas sobre Angra do Heroísmo e o mar.

Monte Brasil está bem defendido e foi uma das primeiras fortificações de Angra do Heroísmo no século XVI. Na verdade, quando se entra, passa-se pela já referida Fortaleza de São João Batista.

Há um percurso pedestre marcado com sinais no meio da flora exuberante. Ao longo da caminhada, pode parar em diferentes miradouros como o Pico das Cruzinhas, que proporciona uma vista sublime de 180 graus sobre Angra do Heroísmo, da Ribeirinha a São Mateus.

Este itinerário dá para ser feito a pé, de carro ou até de bicicleta. O importante é aproveitar a caminhada e aproveitar ao máximo a paisagem que encontrará ao longo do caminho. Existem três miradouros a não perder nesta visita: o Miradouro do Pico das Cruzinhas, o Miradouro do Zimbreiro e o Miradouro do Pico do Facho.

Angra do Heroísmo

Informação: a Reserva Natural do Monte Brasil fecha às 18h.

Informação: se deseja descobrir os lugares mais bonitos de Angra do Heroísmo e descobrir a história de todos os cantos da cidade, convido-o a reservar aqui um passeio guiado de 3 horas (link afiliado).

O que visitar nos arredores de Angra do Heroísmo

15. Algar do Carvão

A grande erupção do vulcão Pico Alto, ocorrida ao norte do atual aparelho vulcânico de Guilherme Moniz, despejou as suas lavas a grande distância. Mais tarde, uma nova erupção iniciou um processo que levaria à formação de um vulcão estromboliano – o Pico do Carvão.

Numa primeira fase, formava a zona da lagoa e as duas abóbadas sobre ela. Já na sua fase final, o magma desceu aos canais mais profundos e à câmara de magma, dando origem à formação do próprio Algar.

De acordo com o estudo de um dos fósseis então formados, o Algar do Carvão terá uma idade de +/- 2100 anos. Devido a este e outros fatores, este sítio está classificado como monumento natural.

Depois de entrar num túnel vai ter uma escadaria que o levará ao primeiro miradouro. Aí levante a cabeça e admire a chaminé.

Continue a descer até ao miradouro da Lagoa e aprecie a beleza do local. Saiba que esta lagoa de uma profundidade de até 15 metros é alimentada pela água da chuva.

Ao subir e antes de sair desta beleza natural, vá até à “Catedral” para explorar um pouco mais o Algar do Carvão.

16. Furnas do Enxofre

Localizadas a menos de 3 km do Algar do Carvão e apenas a 10 km de Angra do Heroísmo, as Furnas do Enxofre são um local onde ocorrem vários fenómenos vulcanológicos em que são libertados gases quentes e vapores de água que resultam da infiltração das chuvas.

Informação: se já visitou as Caldeiras das Furnas na ilha de São Miguel, as Furnas do Enxofre deixam de ser um local a visitar. As fumarolas das Caldeiras das Furnas são muito mais impressionantes!

17. Gruta do Natal

Ao ser formada, toda a extensão da Gruta do Natal foi trilhada por lavas fluidas que tomaram direções diferentes. Assim formaram-se vários túneis e ramificações que deram origem ao local. Atualmente, está tudo solidificado e o túnel de lava possui cerca de 697 metros de comprimento, mantendo o seu estado original.

Dentro da casa tradicional de apoio aos visitantes, é possível ver uma exposição de fotos sobre as atividades sociais e históricas que ocorreram dentro desta gruta, como batizados, missas e casamentos.

18. Lagoa das Patas

A Reserva Florestal da Lagoa das Patas, também conhecida por Lagoa da Falca, situa-se no interior da ilha Terceira e recebe o nome de um belo lago artificial, alimentado pela água que flui da Serra de Santa Bárbara.

O lago é cercado por azáleas, hortênsias e outros arbustos e árvores e aí pode fazer um piquenique no parque de lazer aí construído para que os visitantes possam desfrutar do local com conforto.

19. Miradouro da Serra de Santa Bárbara

Localizado a cerca de 30 minutos de carro de Angra de Heroísmo, numa Reserva Florestal, o miradouro da Serra de Santa Bárbara oferece vistas de cortar a respiração sobre grande parte da ilha Terceira (quando não há nevoeiro) bem como do Oceano Atlântico e de outras ilhas do grupo central do arquipélago.

Aqui pode também desfrutar da paisagem natural intocada da bonita floresta da ilha, dominada pelo endémico cedro-do-mato açoriano. Esta Reserva Florestal ocupa grande parte da Serra de Santa Bárbara e integra o ponto mais alto da ilha, localizado a 1021 m de altitude.

20. Miradouro da Ponta do Queimado

O Miradouro da Ponta do Queimado está localizado na Ponta do Queimado, na freguesia da Serreta. Este é um miradouro erguido no alto de um precipício sobre o mar, próximo do Farol da Serreta.

Estando situado no ponto mais ocidental da ilha, saiba que daqui conseguirá ver ao longe outras ilhas para além da beleza do oceano.

  • Dias necessários para conhecer Angra do Heroísmo: 2 dias

Roteiro para visitar os 20 sítios mais bonitos de Angra do Heroísmo

Centro histórico

Uma cidade encantadora e, sem dúvida, das mais bonitas dos Açores, Angra do Heroísmo não é para ser desperdiçada, especialmente para quem gosta de visitar sítios classificados pela UNESCO como Património da Humanidade.

Na sua descoberta do centro histórico de Angra de Heroísmo, sugiro que explore as ruas a pé (seguindo os pontos 1 ao 14 conforme apresentados neste artigo) de forma a poder apreciar toda a beleza deste sítio encantador. Aproveite para parar num café para relaxar um pouco enquanto admira os edifícios coloridos e muito mais!

Arredores de Angra do Heroísmo

Para chegar aos pontos mais afastados de Angra do Heroísmo, pode escolher uma de três opções: apanhar um táxi, um autocarro ou alugar um carro.

Dependendo do número de dias da sua estadia e para ficar a conhecer todos os pontos de interesse nos arredores de Angra do Heroísmo sugeridos neste artigo e também na restante ilha, recomendo que alugue um carro aqui (link afiliado).

Para visitar facilmente as maravilhas dos arredores de Angra do Heroísmo, visite os sítios conforme apresentados neste artigo (do n° 15 ao n° 20).

Se não pretender alugar um carro ou se tiver pouco tempo para conhecer a ilha, pode aproveitar para fazer um dos passeios que as empresas locais propõem. Conheça de seguida algumas das minhas sugestões:

Visita ao oeste e leste da ilha Terceira

Descubra com estas duas atividades o melhor que a ilha Terceira tem para oferecer. Numa das melhores atividades do arquipélago dos Açores, terá a oportunidade de visitar a parte ocidental da ilha e desfrutar de paisagens fantásticas!

Terá a oportunidade de explorar lugares fascinantes, como o Algar do Carvão, o Monte Brasil, Biscoitos, o Museu do Vinho, etc.

Na parte oriental da ilha, poderá admirar o miradouro mais bonito da Terceira, a Praia da Vitória e as piscinas naturais.

Se tiver pouco tempo para explorar a ilha, saiba que esta será uma das melhores maneiras de fazê-lo! Ao longo desses passeios, será acompanhado por um guia experiente que conhece a ilha e seus segredos, como poucos conhecem.

Saiba que esta atividade de 8 horas (link afiliado) é provavelmente a forma mais fácil e rápida de se conhecer a Terceira. Como alternativa, opte por este passeio de 8 horas (link afiliado) que o levará a todos os pontos de interesse, rurais, ambientais e naturais. Não perca!

Tesouros naturais da ilha Terceira (link afiliado)

Durante esta atividade de quatro horas, terá a oportunidade de explorar alguns dos locais mencionados no artigo, que se encontram perto de Angra do Heroísmo.

Além de poder visitar o miradouro mais bonito da ilha, esta atividade dar-lhe-á a possibilidade de explorar o Algar do Carvão e as Furnas do Enxofre.

Para conhecer o meu Top dos melhores passeios e atividades nos Açores, clique aqui!

Como chegar a Angra do Heroísmo

Não há muitas opções para se chegar a Angra do Heroísmo, na ilha Terceira. Na verdade, só conseguirá lá chegar através de ligações aéreas da companhia TAP (link afiliado), por exemplo, que são feitas entre esta e as outras ilhas do arquipélago mas também com Portugal continental e com destinos internacionais.

O aeroporto ainda fica a cerca de 20 km de distância de Angra do Heroísmo pelo que terá de optar por uma destas três opções: apanhar um táxi, apanhar o autocarro ou alugar um carro (link afiliado).

Como alternativa, saiba que durante a época alta também pode chegar à ilha de ferry, se estiver numa das outras ilhas dos Açores.

Onde dormir em Angra do Heroísmo

Pousada de Angra do Heroísmo **** (link afiliado)

Situada no Forte de São Sebastião, a Pousada de Angra do Heroísmo é dos melhores sítios para passar a noite quando estiver de visita à cidade.

Entre outras comodidades, saiba que terá à sua disposição uma piscina para adultos e outra para crianças e um magnífico restaurante que serve pratos regionais.

Neste hotel de quatro estrelas, poderá desfrutar de fantásticas vistas sobre o Oceano Atlântico e a Reserva Florestal do Monte Brasil. Para além disso, a localização privilegiada oferece aos hóspedes a possibilidade de facilmente chegarem a pé a pontos de interesse como a Marina d’Angra e a Igreja da Misericórdia.

Hotel Beira Mar *** (link afiliado)

Este hotel de três estrelas oferece aos seus hóspedes uma ótima relação qualidade-preço e encontra-se no centro histórico de Angra do Heroísmo, de frente para a Prainha de Angra.

Para além do conforto dos quartos, aproveite a sua estadia neste hotel e desfrute dum ótimo pequeno-almoço enquanto admira a paisagem a partir da esplanada, com destaque para o bonito Monte Brasil.

Hotel Zenite ** (link afiliado)

Situado no coração do centro histórico de Angra do Heroísmo, o Hotel Zenite fica apenas a 200 metros da Sé Catedral, a 300 metros do Jardim Duque da Terceira e a 450 metros do MAH (o museu da cidade).

Este hotel de duas estrelas tem quartos climatizados e televisão por cabo. Para as suas refeições principais, nada como explorar as ruas em redor do hotel com vários restaurantes e cafés.

Onde comer em Angra do Heroísmo

Uma das coisas que não pode deixar de fazer em Angra do Heroísmo é provar a gastronomia local, os seus pratos típicos, que fazem as delícias de quem visita a ilha Terceira. Conheça, de seguida, as minhas sugestões com os melhores restaurantes da cidade:

Restaurante Beira Mar São Mateus

O Cachalote

Birou Bar

Tasca das Tias

Cais de Angra

Tradições e Festividades em Angra de Heroísmo

Centradas em torno de pitorescas capelas conhecidas como Impérios, as Festas do Divino Espírito Santo são intensamente vividas pelas comunidades não só de Angra do Heroísmo, mas de toda a ilha. As oito semanas entre o Domingo de Páscoa e o Domingo da Trindade dão lugar a festividades e eventos que animam as diferentes localidades da Terceira.

As Sanjoaninas, festas em homenagem a São João, tomam as ruas de Angra do Heroísmo durante dez dias no mês de junho. Desfiles, espetáculos musicais, touradas, barracas de comida, teatro, fogo-de-artifício e eventos desportivos culminam no desfile das chamadas marchas populares em vésperas do dia de São João. Estas festas serão, porventura, as mais conhecidas e mais bonitas em todo o arquipélago dos Açores.

Angra do Heroísmo também é palco de um importante festival de música: o AngraJazz International Festival que se realiza em outubro no Centro Cultural e Congressos de Angra do Heroísmo.

Vai visitar Angra do Heroísmo, nos Açores? Então não hesite em reservar o seu hotel, o seu carro ou as melhores atividades passando pelos links aqui em baixo. Vai-me permitir continuar a oferecer-lhe gratuitamente dicas e guias para visitar Portugal. Obrigado!

Também lhe vai interessar: