Situada a 1h30 de Lisboa, Évora tem tudo para o surpreender. Conhecida como a “cidade museu” por causa dos seus monumentos que remontam à época romana, Évora é uma das cidades a conhecer no Alentejo. Venha comigo visitar Évora e perca-se numa cidade única!

A cidade viveu várias vidas: romana até ao século V, pertenceu depois aos visigodos até ao século VIII, aos mouros durante quatro séculos e, finalmente, aos portugueses desde 1165.

Artigos que também lhe podem interessar:

Roteiro de 1 dia para visitar Évora, a “cidade museu”

Cheguei a Évora por volta do meio-dia e decidi comer antes de ir para o centro histórico para evitar os restaurantes “apanha turistas”. Encontrei o restaurante A Gruta, um restaurante tipicamente português onde se pode comer um frango assado com batatas fritas, arroz e bebida por 8 € por pessoa.

O restaurante está situado na Avenida General Humberto Delgado 2. O restaurante é um pouco pequeno mas tem que ter alguma paciência até ser atendido!

Pouco antes de entrar no centro histórico, encontrei este cartaz…

Évora, 40 anos de liberdade - visitar Évora
Dentro de ti ó cidade, O povo é quem mais ordena!

Quarenta anos desde que vencemos a ditadura, quarenta anos desde que somos um país livre. Fiquei parado alguns instantes a ver este cartaz, pensando que esta liberdade deve ser defendida a cada dia que passa, especialmente nestes tempos de crise que Portugal e o mundo vivem.

Após este momento de reflexão, fui finalmente visitar o centro histórico de Évora.

Entrei pela Rua Serpa Pinto e fui até à praça principal, a Praça do Giraldo.

Alguns minutos depois de ter chegado à praça, tive que me refugiar num café para me refrescar um pouco pois o termómetro marcava 35 ºC.

Se visitar Évora em Julho ou Agosto, prefira explorar a cidade pela manhã. As temperaturas no Alentejo atingem muitas vezes os 40 ºC ao início da tarde.

Antes de deixar a praça, fui até ao posto de turismo comprar um mapa do centro histórico que foi bem útil para o resto da visita.

Depois de alguns minutos a pensar sobre o melhor itinerário, fui em direção ao aqueduto da Água de Prata. O aqueduto é um dos poucos daquela época que ainda funciona, contribuindo assim para o abastecimento de água desta cidade.

Já tinha visto outros aquedutos em Portugal, mas é a primeira vez que vejo casas construídas por baixo de um aqueduto, uma maneira de aproveitar o espaço ao máximo.

Depois, voltei para trás mas por ruas diferentes até chegar ao Templo Romano de Évora (erradamente conhecido por Templo de Diana).

Aproveitei para tomar um café na praça em frente ao templo para desfrutar deste magnífico cenário.

A seguir, desci até à fantástica Sé de Évora, a maior catedral de Portugal. A construção começou em 1186 e foi concluída em 1250.

A visita a este monumento terminou no telhado, de onde pude desfrutar das fantásticas vistas sobre a cidade e os seus arredores.

A minha visita a Évora terminou com um passeio pelas pequenas ruas desta magnífica cidade.

Como viu, a cidade de Évora visita-se facilmente numa tarde, mas tenho a certeza que vai ficar surpreendido com o charme desta cidade. Évora é como a cidade de Guimarães, pequena no tamanho, mas com uma grande história.

Quando visitar Évora, aproveite para descobrir a bela região do Alentejo, uma esplêndida área desconhecida por muitas pessoas.

Onde Dormir em Évora

Se quiser passar a noite na cidade de Évora, aconselho-o a ficar no Moov Hotel Évora (link afiliado), localizado na antiga praça de touros, no centro histórico. Este hotel está classificado com um 8,8 / 10 pelos hóspedes e custa apenas 40 € por noite.

Como visitar Évora

A bela cidade de Évora situa-se a 1h30 (134 km) de Lisboa de carro ou de comboio.

Se pretende visitar os arredores de Évora, sugiro que vá até lá de carro. Se pretende visitar só o centro histórico, o comboio é uma solução muito boa. A partir da estação do Oriente em Lisboa, estará em Évora numa hora e meia.

A partir de Albufeira (Algarve) o meio de transporte mais rápido é o carro – o trajeto demora cerca de duas horas (204 km). Se for de comboio o trajecto será um pouco mais longo (3h35), porque tem que mudar de comboio perto de Setúbal.

Se não quiser alugar um carro nem perder muito tempo nas viagens em transportes públicos, sugiro que reserve uma visita guiada a esta cidade. De seguida, conheça as minhas sugestões.

Quer explorar Évora na companhia de um guia experiente? Então, não hesite em reservar este passeio (link afiliado) com saída de Lisboa e parta à descoberta dos monumentos desta magnífica cidade e saiba mais acerca da sua história, cultura e tradições!

Para além disso, saiba que a primeira paragem no Alentejo será feita no Cromeleque dos Almendres, um monumento megalítico mais antigo do que Stonehenge. Para terminar o dia, nada como uma degustação de azeites alentejanos, nesta região que é a maior produtora de azeite do país.

Como alternativa, reserve este passeio de 7 horas pelo Alentejo (link afiliado), e descubra bonitos sítios como a cidade de Évora, classificada pela UNESCO como Património da Humanidade.

Esta é uma autêntica “cidade-museu” e são muitos os pontos de interesse que aí encontrará como a Sé Catedral de Évora, umas das mais bonitas catedrais de Portugal, o magnífico Templo Romano, a Capela dos Ossos (situada na Igreja de São Francisco), o Aqueduto da Água de Prata e deslumbre-se ainda com as ruas que levam à bonita Praça do Giraldo.

Mas a viagem não se fica por Évora! Conheça também a cidade de Reguengos de Monsaraz e a vila de Monsaraz, passeie pelas ruas estreitas, admire as muralhas e desfrute das fantásticas vistas sobre a grande albufeira do Alqueva. Sem dúvida, uma atividade muito completa (link afiliado) e que lhe dará a conhecer a bonita região do Alentejo.

Vai visitar o Alentejo? Não hesite em reservar o seu hotel, o seu carro ou as melhores atividades passando pelos links aqui em baixo. Vai-me permitir continuar a oferecer-lhe gratuitamente dicas e guias para visitar Portugal. Obrigado!

Também lhe vai interessar:

  • o que visitar em evora
  • visitar evora
  • evora em um dia
  • evora o que visitar
  • quando tempo demora a visitar o templo romano de evora