Top dos sítios a visitar no Parque Nacional da Peneda-Gerês

O Parque Nacional da Peneda-Gerês foi criado em 1971 e abrange uma área total de 72 000 hectares.

Mapa_do_Parque_Peneda-Gerês
Mapa do Parque Peneda-Gerês

Este parque está localizado nas regiões do Minho e de Trás-os-Montes, no norte de Portugal, a cerca de 100 km do Porto, nos distritos de Viana do Castelo, Braga e Vila Real. O parque é o lar de mais de uma centena de aldeias de granito que pouco mudaram desde a criação de Portugal no século XII.

Casa_em_granito_na_aldeia_de_Brufe
Casa em granito na aldeia de Brufe

As aldeias mais antigas estão concentradas principalmente na Serra da Peneda e permanecem longe da vida moderna. Os bois ainda são conduzidos ao longo das ruas por mulheres vestidas de preto e os pastores ainda deixam os seus rebanhos pastar sozinhos durante cinco meses.

Uma_vaca_simpática_a_posar_para_a_fotografia
Uma vaca simpática a posar para a fotografia

Nas zonas mais remotas do parque, ainda vivem alguns lobos, javalis, texugos, lontras, veados e póneis selvagens. Poderá também encontrar serpentes e por vezes víboras negras venenosas.

Além dos animais selvagens, vivem também no parque espécies domésticas que são mais facilmente observáveis como gado com longos cornos, cabras e ovelhas e o rústico cão pastor Castro Laboreiro.

Rebanho_de_cabras_no_Parque_Nacional_da_Peneda-Gerês
Rebanho de cabras no Parque Nacional da Peneda-Gerês

 Eis os sítios a visitar no Parque Nacional da Peneda-Gerês:

1. Castro Laboreiro

 

Castelo_de_Castro_Laboreiro
Castelo de Castro Laboreiro
Fonte: castrolaboreiro.com
Ponte_em_Castro_Laboreiro
Ponte em Castro Laboreiro
Fonte: castrolaboreiro.com

Castro Laboreiro é uma aldeia muito conhecida pelas ruínas do castelo do século XVI (construído em 1505 sobre as fundações de um castelo mouro do século XII), pontes e igrejas medievais, fornos comunitários, moinhos e estilo de vida dos habitantes.

2. Peneda

Santuário_da_Nossa_Senhora_da_Peneda
Santuário da Nossa Senhora da Peneda
Fonte: Rui Videira

Peneda é uma das mais belas aldeias de montanha e situa-se quase a meio caminho entre Lamas de Mouro e Soajo. Sobrepondo uma ravina profunda, com vista para uma montanha arredondada e uma cascata, Peneda oferece um espetáculo fascinante.

Santuário_da_Nossa_Senhora_da_Peneda
Santuário da Nossa Senhora da Peneda
Fonte: wikipedia.org

O único hotel da aldeia (antigos dormitórios dos peregrinos) está adjacente ao Santuário de Nossa Senhora da Peneda.

Este santuário construído entre finais do século XVIII e meados do século XIX, com uma escadaria com cerca de 300 metros e 20 capelas com cenas da vida de Cristo, é o centro da romaria e festa da Senhora da Peneda, que se realiza na primeira semana de setembro, onde os habitantes se reúnem na praça para assistir à procissão das velas.

3. Soajo

Espigueiros_na_aldeia_de_Soajo
Espigueiros na aldeia de Soajo
Fonte: serra-do-geres.com
Rua_típica_de_Soajo
Rua típica de Soajo
Fonte: serra-do-geres.com

Soajo é uma aldeia isolada, com vista para o alto do rio Lima. A principal atração são os espigueiros de pedra onde se guarda o milho. Podemos apreciar uma esplêndida vista sobre a paisagem circundante e descobrir a beleza desta área protegida.

4. Lindoso

Castelo_de_Lindoso
Castelo de Lindoso
Fonte : lejardinduportugal.fr

Lindoso é uma aldeia (1 300 habitantes) de agricultores e pastores. Esta aldeia é conhecida pelo seu castelo de 1278 e pelos seus espigueiros que estranhamente se assemelham a mausoléus, mas com função bem diferente.

Estes espigueiros de granito, pousados sobre palafitas e ventilados através das aberturas laterais, proporcionam a secagem e o armazenamento do milho.

Espigueiros_ao_lado_do_Castelo_de_Lindoso
Espigueiros ao lado do Castelo de Lindoso
Fonte: lejardinduportugal.fr

5. Vilarinho das Furnas

Vilarinho_das_Furnas_submersa_pelas_águas
Vilarinho das Furnas submersa pelas águas
Fonte: wikipedia.org

Vilarinho das Furnas é uma aldeia que ficou submersa em 1972 pela construção e enchimento da barragem com o mesmo nome. Como curiosidade jurídica, as terras submersas ainda pertencem aos antigos habitantes, mas o uso da barragem pertence ao Estado Português.

Antiga_casa_em_Vilarinho_das_Furnas
Antiga casa em Vilarinho das Furnas

Visite Vilarinho das Furnas, no final do verão e/ou no outono, nestas alturas o nível das águas está baixo e os muros da antiga aldeia surgem das águas.

Quando chegar à barragem de Vilarinho das Furnas, verá uma barreira, passe ao lado a pé e ao fim de 2 km encontrará a antiga aldeia.

6. Via Romana da Geira

Marcos_miliários_no_Parque_Nacional_da_Peneda-Gerês
Marcos miliários no Parque Nacional da Peneda-Gerês
Fonte: flickr.com : cncporto

Esta via romana ligava duas importantes cidades da Península Ibérica: “Bracara Augusta”, atual cidade de Braga e “Asturica Augusta”, atual cidade de Astorga em Espanha, num percurso de 215 milhas (~318 Km).

Convido-o a visitar a parte da via romana entre Campo do Gerês e Portela do Homem, situada na Mata da Albergaria, um dos mais belos sítios do parque.

Mata_da_Albergaria - Parque Nacional da Peneda-Gerês
Mata da Albergaria
Fonte: flickr.com : albano moreira
Informações

O percurso entre Campo do Gerês e Portela do Homem pode ser feito de carro, mas não pode parar ou estacionar. Para poder aproveitar a beleza do percurso, uma BTT é o melhor meio de transporte.

  •     Distância do percurso: 8 Km
  •     Aluguer das BTT: equidesafios

 7. São Bento da Porta Aberta

Cripta_do_Santuário_de_São_Bento_da_Porta_Aberta
Cripta do Santuário de São Bento da Porta Aberta
Fonte: flickr.com : gonçalo proenca
Loja_de_lembranças_em_São_Bento_da_Porta_Aberta
Loja de lembranças em São Bento da Porta Aberta
Fonte : flickr.com : antonioluisousa

O Santuário de São Bento da Porta Aberta está localizado na aldeia de Rio Caldo, no Parque Nacional da Peneda-GerêsO culto a São Bento deve a sua origem à influência dos monges de Santa Maria de Bouro.

Em 1640 eles começaram a construir a capela. Segundo a tradição, esta capela tinha um alpendre, como em quase todas as capelas do alto dos montes, e as portas estavam sempre abertas, servindo de abrigo a quem por ali passava. Foi daí que veio a designação de São Bento da Porta Aberta, nome pelo qual é ainda hoje conhecida.

8. Miradouro da Pedra Bela

Miradouro_da_Pedra_Bela
Miradouro da Pedra Bela
Fonte: flickr.com : joaoleitao

Um dos sítios mais bonitos para admirar o Parque Nacional da Peneda-Gerês. Este miradouro está situado a 6 km da vila do Gerês.

9. Cascata do Arado

Cascata_do_Arado - Parque Nacional da Peneda-Gerês
Cascata do Arado
Fonte : flickr.com : mariofch

A Cascata do Arado é uma das mais famosas quedas de água do parque e está localizada a cerca de 900 metros de altitude.

Ponte_do_ Rio_Arado
Ponte do rio Arado
Fonte : wikipedia.org
Informações

Para chegar às cascatas deve :

Tab titleOpção 2
 Desde o miradouro da Pedra Bela, siga o caminho de terra em direção à cascata do Arado. Estacione o carro ao lado da ponte do rio Arado e suba as escadas do lado direito da ponte.
A partir da vila do Gerês, siga em direção à barragem da Caniçada. Alguns metros mais adiante, encontrará um entroncamento à sua esquerda com a indicação “Ermida”. Vire nessa direção e siga a estrada estreita mas com belas paisagens. Depois de 5 km, encontrará um entroncamento à sua direita com uma placa florestal com a indicação “Cabril”. Vire e siga por essa estrada mas com cuidado pois irá encontrar algumas descidas bastantes acentuadas até chegar à ponte sobre o rio Arado. Estacione o seu carro perto da ponte e suba as escadas do lado direito da ponte.

10. Pitões das Júnias

Mosteiro_de_Santa_Maria_das_Júnias
Mosteiro de Santa Maria das Júnias
Fonte: wikipedia.org

 Pitões das Júnias é uma pequena aldeia conhecida pelo seu mosteiro beneditino construído em meados do século IX. Situado num magnifico vale, o mosteiro destinava-se a abrigar os monges beneditinos. No século XII o mosteiro foi doado à Ordem de Cister.

  •     Dias necessários para visitar o Parque Nacional da Peneda-Gerês: 4 Dias
TransportesOnde ComerOnde DormirFestas no parque Informações Úteis

Desde/Para o Parque Nacional da Peneda-Gerês

 Autocarro

A Empresa Hoteleira do Gerês liga Braga à vila do Gerês (percurso de 1h30m, uma vez por hora, de segunda a sexta, e seis vezes por dia ao sábado e domingo).

Os autocarros Salvador atravessam Ponte da Barca à semana, duas vezes por dia, ligando Arcos de Valdevez ao Soajo (45 min) e a Lindoso (1h) no Parque Nacional da Peneda-Gerês.

Carro/Moto

No geral, as estradas são boas no parque mas os caminhos podem ser traiçoeiros. Atenção às pequenas estradas pois podem ser perigosas para o seu carro, mesmo que não apareçam nos mapas.

Quando visitei o parque decidi usar o carro como meio de transporte para ter mais liberdade e para perder menos tempo.

Sugestões para comer

Saber ao Borralho

Saber ao Borralho serve num ambiente agradável, com excelentes pratos locais, como a posta à barrosã, mas também três pratos de bacalhau e uma tentadora seleção de sobremesas.

Informações

Preços: 18-20 € para 2 pessoas

Horários: Aberto ao almoço e ao jantar. Fechado à terça-feira

Localização: Rua 25 de Abril, 1158, 4970 Soajo

Website: saberaoborralho.com

Lurdes Capela

Situado na vila do Gerês, este restaurante familiar está quase sempre cheio por causa da sua excelente cozinha. Na ementa tem volumosos pratos de peixes frescos, batatas e legumes na manteiga, carne, bacalhau, etc.

Informações

Preços: 9-28 € por pessoa

Horários: Aberto ao almoço e ao jantar. Fechado à terça-feira

Localização: Av. Manuel Gomes de Almeida, 77, 4845-067 Gerês

Sugestões para dormir

Chalé de Soutelinho (link afiliado)

O tranquilo Chalé de Soutelinho é um alojamento recentemente renovado e situa-se no Parque Nacional da Peneda-Gerês; dispõe de um jardim e de uma piscina exterior.

Informações

Preço: ~120 €/noite, apartamento de 3 quartos (máx. 6 pessoas)

Serviços: Internet gratuita, estacionamento gratuito

Check-in: A partir das 17h

Check-out: Até às 12h

Localização: Rua Dr. Manuel Gomes de Almeida, 54, 4845-067 Gerês

Peneda Hotel*** (link afiliado) 

O Peneda Hotel está situado ao lado do Santuário da Nossa Senhora da Peneda. Os aeroportos Peinador e Francisco Sá Carneiro estão respetivamente a 70 e 140 km. Os quartos são confortáveis, com amenidades modernas e com casa de banho privada. O restaurante do hotel serve comida portuguesa.

Informações

Preço: ~50 €/noite, quarto duplo

Serviços: Internet gratuita, estacionamento gratuito

Check-in: 15h – 23h30

Check-out: Até às 12h

Localização: Lugar Da Peneda, 4970-150 Gavieira

Nossa Senhora da Peneda

De 1 a 8 de setembro de cada ano decorre a romaria à Nossa Senhora da Peneda. Os dias 5 e 6 de setembro são os dias mais importantes da festa, com a procissão eucarística e música popular portuguesa.

São Bento da Porta Aberta

  • 20 e 21 de março: nesta data celebra-se a morte de S. Bento, em Monte Cassino, Itália. O principal dia da romaria é o dia 21, que antigamente era o dia da sua festa;
  • 10 e 11 de julho: celebra-se a Festa de S. Bento, Padroeiro da Europa;
  • 10, 11,12, 13,14 e 15 de agosto: Esta é, por tradição, a grande romaria a S. Bento da Porta Aberta. Nestes dias milhares de peregrinos acorrem ao Santuário para cumprirem as suas promessas.

Portas do parque: Lamas de Mouro, Mezio, Lindoso, Campo do Gerês, Paradela e Montalegre. Poderá fazer percursos de orientação com a ajuda de PDA e de GPS, disponíveis nas portas do parque.

Sede do Parque Nacional da Peneda-Gerês: portal.icn.pt

Central de reservas das regiões do Parque Nacional da Peneda-Gerês: adere-pg.pt

Para mais informações visite: visitportugal.com ou visitportoandnorth.travel

Conselhos úteis para a sua visita ao Parque Nacional da Peneda-Gerês:

1- Tenha sempre em atenção as previsões meteorológicas e evite realizar atividades em dias em que se preveja a ocorrência de chuvas, trovoadas e nevoeiros.

2- Acima dos 800 metros acontecem, por vezes, rápidas alterações climatéricas. Previna-se.

3- Opte por vestuário e calçado simples e confortável. Evite usar a cor amarela e perfume pois atrai os insetos.

4- No verão, tenha especiais cuidados com o sol e abasteça-se de água antes de iniciar qualquer percurso. Mesmo no inverno, leve sempre água, comida e um telemóvel.

5- Se tiver, leve binóculos e máquina fotográfica.

Informação: o mapa apresenta os pontos de interesse e os locais onde poderá comer e dormir no Parque Nacional da Peneda-Gerês. Pode alternar entre estas três informações carregando no ícone, no canto superior esquerdo do mapa.

Vai visitar o Parque Nacional da Peneda-Gerês? Não hesite em reservar o seu hotel ou o seu carro passando pelos links aqui em baixo. Vai-me permitir continuar a oferecer-lhe gratuitamente dicas e guias para visitar Portugal. Obrigado!

Reserve aqui o seu Hotel  Reserve aqui o seu carro

Também lhe vai interessar:

  • o que visitar no geres
  • visitar geres
  • locais a visitar no geres
  • gerês o que visitar
  • sitios a visitar no geres

Sobre Tiago

Tiago 30 anos de idade, parisiense desde os 12 anos, decidi partir para a aventura e realizar o meu sonho : conhecer o nosso país de uma ponta à outra. Acho que se não conhecemos as nossas origens não nos podemos conhecer realmente. Leia mais aqui